Newsletter Nº252

Newsletter Nº252
News­let­ter Nº252

Faz hoje anos que nas­cia, em 1891, o inven­tor nor­te-ame­ri­ca­no David Sar­noff. Ele foi pio­nei­ro no desen­vol­vi­men­to de trans­mis­sões de rádio e tele­vi­são. Ele foi o pri­mei­ro res­pon­sá­vel da RCA e fun­dou a rede de tele­vi­são NBC (1926). Ele tor­nou-se um ope­ra­dor de radio e conhe­ceu Mar­co­ni em 1906. Pre­ven­do as múl­ti­plas pos­si­bi­li­da­des do rádio, tor­nou-se geren­te comer­ci­al da Ame­ri­can Mar­co­ni em 1917, já a pre­ver que o rádio se tor­na­ria “um uti­li­tá­rio domés­ti­co no mes­mo sen­ti­do que o pia­no ou o fonó­gra­fo”.

Faz tam­bém hoje anos que nas­cia, em 1910, o enge­nhei­ro aero­náu­ti­co nor­te-ame­ri­ca­no Kelly John­son. Ele enquan­to geria a divi­são secre­ta de pro­jec­tos da Lockhe­ed, conhe­ci­da como “Skunk Works”, con­tri­buiu para o desen­vol­vi­men­to de mais de 40 aviões. Os seus pri­mei­ros tra­ba­lhos incluí­ram o caça P‑38 Light­ning (1938) e o bom­bar­dei­ro Hud­son. Mais tar­de, ele desen­vol­veu os aviões super­só­ni­cos e de mai­or voo do mun­do. O U‑2 (1954) foi o pri­mei­ro avião pro­jec­ta­do para voos de roti­na aci­ma de 60.000 pés. O F‑104 Star­figh­ter (1954) era capaz de voar ao dobro da velo­ci­da­de do som, esta­be­le­cen­do recor­des mun­di­ais de 1.400 mph e 103.000 pés de alti­tu­de.

Por fim, faz hoje anos que nas­cia, em 1947, o Físi­co teó­ri­co e cos­mo­lo­gis­ta nor­te-ame­ri­ca­no Alan Guth. Ele é pio­nei­ro na apre­sen­ta­ção do mode­lo de expan­são do uni­ver­so. Este mode­lo expli­ca o cres­ci­men­to expo­nen­ci­al do uni­ver­so em meras frac­ções de segun­do após o Big Bang e sua expan­são con­tí­nua hoje.

Nes­ta sema­na que pas­sou ficá­mos a saber que o Rasp­ber­ry PI come­mo­ra o seu oita­vo ani­ver­sá­rio. E nes­ta come­mo­ra­ção, aju­da­da pela redu­ção dos cus­tos de pro­du­ção foi anun­ci­a­do que o Rasp­ber­ry PI 4 B de 2 GB de memó­ria irá ficar ao pre­ço do de 1GB, ou seja sen­si­vel­men­te 35€.
Tam­bém esta sema­na ficá­mos a saber que o nos­so pla­ne­ta tem uma 2ª Lua! Bom, pare­ce que de acor­do com obser­va­ções dos astró­no­mos Kac­per Wierz­chos e The­o­do­re Pruy­ne este objec­to tem entre 1,8 e 3,8 metros de diâ­me­tro. Foi desig­na­da de 2020 CD3 e dá a vol­ta ao pla­ne­ta a cada 47 dias, ten­do fica­do pre­so na for­ça gra­vi­ta­ci­o­nal da Ter­ra à cer­ca de três anos. No entan­to este aste­rói­de está ape­nas de visi­ta e assim que se con­se­guir liber­tar da for­ça de atrac­ção da Ter­ra segui­rá o seu cami­nho, esti­man­do-se que seja já em Abril des­te ano.

Na News­let­ter des­ta sema­na apre­sen­ta­mos diver­sos pro­je­tos de maker. É apre­sen­ta­da a revis­ta Mag­PI Nº91 do mês de Mar­ço assim como a revis­ta newe­lec­tro­nics de 25 de Feve­rei­ro e o livro “Code the Clas­sics – Volu­me 1”.

Esta News­let­ter encon­tra-se mais uma vez dis­po­ní­vel no sis­te­ma docu­men­ta do altLab. Todas as News­let­ters encon­tram-se inde­xa­das no link.

Newsletter Nº251

Newsletter Nº251
News­let­ter Nº251

Faz hoje anos que nas­cia, em 1844, o físi­co aus­tría­co Ludwig Boltz­mann. Foi o fun­da­dor da mecâ­ni­ca esta­tís­ti­ca. As suas teo­ri­as inter­li­ga­vam as pro­pri­e­da­des e o com­por­ta­men­to de áto­mos e molé­cu­las com as pro­pri­e­da­des e o com­por­ta­men­to em lar­ga esca­la das subs­tân­ci­as das quais eles eram os blo­cos cons­ti­tuin­tes. Ele tam­bém ela­bo­rou uma teo­ria ciné­ti­ca dos gases e a lei de Ste­fan-Boltz­mann rela­ti­va a uma rela­ção entre a tem­pe­ra­tu­ra dum cor­po e a radi­a­ção que ele emi­te.

Tam­bém faz anos hoje que nas­cia, em 1931, o mate­má­ti­co nor­te-ame­ri­ca­no John Mil­nor. Rece­beu a meda­lha Fields em 1962 por ter pro­va­do que uma esfe­ra de 7 dimen­sões pode ter 28 estru­tu­ras dife­ren­ci­ais dife­ren­tes. Este tra­ba­lho abriu o novo cam­po de topo­lo­gia dife­ren­ci­al. O teo­re­ma de Mil­nor mos­tra que a cur­va­tu­ra total de um nó é de pelo menos 4. Na déca­da de 1950, Mil­nor fez uma quan­ti­da­de subs­tan­ci­al de tra­ba­lho em topo­lo­gia algé­bri­ca, na qual cons­truiu o espa­ço de clas­si­fi­ca­ção de um gru­po topo­ló­gi­co e deu uma rea­li­za­ção geo­mé­tri­ca de uma semi-sim­pli­ci­da­de. com­ple­xo.

Por fim, faz anos hoje que nas­cia, em 1945, o astro­fí­si­co nor­te-ame­ri­ca­no Geor­ge Smo­ot. Ele estu­dou o fun­do cós­mi­co de micro-ondas e des­co­briu a assi­na­tu­ra das ondas gra­vi­ta­ci­o­nais. Estas ondu­la­ções no espa­ço-tem­po foram pre­di­tas pela pri­mei­ra vez por Albert Eins­tein. Eles vêm dos pri­mei­ros momen­tos do cos­mos e for­ne­cem a pri­mei­ra evi­dên­cia direc­ta da expan­são após a cri­a­ção do uni­ver­so pelo Big Bang. Smo­ot lide­rou uma equi­pa de inves­ti­ga­ção para mape­ar os está­gi­os ini­ci­ais do cos­mos, des­co­brin­do um padrão de vari­a­ções minús­cu­las de tem­pe­ra­tu­ra que evo­luí­ram para o uni­ver­so ago­ra for­ma­do. Ele par­ti­lhou o Pré­mio Nobel de Físi­ca de 2006 com John C. Mather “pela des­co­ber­ta da for­ma do cor­po negro e pela ani­so­tro­pia da radi­a­ção cós­mi­ca de fun­do em micro-ondas”.

Nes­ta sema­na que pas­sou ficá­mos a saber que a Spa­ceX lan­çou mais um con­jun­to de 60 saté­li­tes para o espa­ço. Estes fazem par­te da rede de saté­li­tes de comu­ni­ca­ção Star­link. Infe­liz­men­te após o lan­ça­men­to bem-suce­di­do, o pri­mei­ro está­gio do fogue­tão não con­se­guiu pou­sar no dro­ne Ship “Of Cour­se I Still Love You” no Oce­a­no Atlân­ti­co. Se tives­se sido bem suce­di­do, teria sido um mar­co impor­tan­te para a empre­sa: 50 recu­pe­ra­ções de fogue­tões. Esta mis­são da Star­link foi o 80º lan­ça­men­to da Spa­ceX.

Tam­bém esta sema­na o veí­cu­lo lunar Yutu‑2 da Chi­na des­co­briu o que pare­cem ser rochas rela­ti­va­men­te jovens duran­te suas recen­tes acti­vi­da­des de explo­ra­ção no lado opos­to da lua. O veí­cu­lo espa­ci­al da mis­são Chang’e‑4 foto­gra­fou as rochas espa­lha­das, apa­ren­te­men­te de cor mais cla­ra. Os espé­ci­mes, que são bem dife­ren­tes daque­les já estu­da­dos pelo veí­cu­lo espa­ci­al, pode­ri­am com­ple­tar as idei­as da equi­pa sobre a his­tó­ria geo­ló­gi­ca e a evo­lu­ção da área, cha­ma­da cra­te­ra Von Kár­mán.

Na News­let­ter des­ta sema­na apre­sen­ta­mos diver­sos pro­je­tos de maker. É apre­sen­ta­da a revis­ta Hacks­pa­ce Maga­zi­ne Nº28 do mês de Mar­ço.

Esta News­let­ter encon­tra-se mais uma vez dis­po­ní­vel no sis­te­ma docu­men­ta do altLab. Todas as News­let­ters encon­tram-se inde­xa­das no link.

Newsletter Nº250

Newsletter Nº250
News­let­ter Nº250

Faz hoje anos que nas­cia, em 1805, o mate­má­ti­co ale­mão Peter Gus­tav Lejeu­ne Diri­ch­let. Ten­do fei­to vali­o­sas con­tri­bui­ções para teo­ria dos núme­ros, aná­li­se e mecâ­ni­ca, Diri­ch­let é mais conhe­ci­do pelos seus tra­ba­lhos sobre con­di­ções para a con­ver­gên­cia de séri­es tri­go­no­mé­tri­cas e o uso das séri­es para repre­sen­tar fun­ções arbi­trá­ri­as. Ele, em 1837, propôs a defi­ni­ção moder­na de uma fun­ção. Em mecâ­ni­ca, ele inves­ti­gou o equi­lí­brio de sis­te­mas e a teo­ria do poten­ci­al. Isso levou‑o ao pro­ble­ma de Diri­ch­let, rela­ti­vo às fun­ções har­mó­ni­cas com deter­mi­na­das con­di­ções de fron­tei­ra. Diri­ch­let é con­si­de­ra­do o fun­da­dor da teo­ria das séri­es de Fou­ri­er, ten­do cor­ri­gi­do os erros ante­ri­o­res de outros inves­ti­ga­do­res nos escri­tos de Fou­ri­er. Um dos seus alu­nos era Rie­mann. Em 1855, ele suce­deu Carl Fri­e­dri­ch Gauss na Uni­ver­si­da­de de Göt­tin­gen.

Faz tam­bém hoje anos que nas­cia, em 1834, o quí­mi­co ale­mão Hein­ri­ch Caro. Ele inven­tou novos pro­ces­sos quí­mi­cos indus­tri­ais que per­mi­ti­ram à empre­sa ale­mã BASF (Badis­che Ani­lin und Soda Fabrik) tor­nar-se o prin­ci­pal fabri­can­te de coran­tes sin­té­ti­cos duran­te duas déca­das, a par­tir de 1869. Antes de se jun­tar a eles (1866), ele bene­fi­ci­ou do tem­po que pas­sou na Ingla­ter­ra, tra­ba­lhan­do em mal­veí­na (o pri­mei­ro coran­te sin­té­ti­co) e apren­den­do sobre os novos coran­tes sin­té­ti­cos que Wil­li­am Per­kins tinha desen­vol­vi­do. Caro melho­rou esses méto­dos de sín­te­se e impul­si­o­nou a ascen­são da indús­tria ale­mã de coran­tes, que levou ao domí­nio mais amplo da Ale­ma­nha na quí­mi­ca indus­tri­al e ao sur­gi­men­to do labo­ra­tó­rio de pes­qui­sa indus­tri­al. Ele aju­dou a sin­te­ti­zar a ali­za­ri­na arti­fi­ci­al (um coran­te natu­ral), des­co­briu o azul de meti­le­no (1877), o pri­mei­ro coran­te azo áci­do (1878) e o pode­ro­so agen­te oxi­dan­te, o áci­do de Caro, o H2SO5 (1898).

Faz igual hoje anos que nas­cia, em 1910, o físi­co e inven­tor nor­te-ame­ri­ca­no Wil­li­am Shoc­kley. Jun­ta­men­te com John Bar­de­en e Wal­ter H. Brat­tain rece­beu o pré­mio Nobel da físi­ca pelo desen­vol­vi­men­to do tran­sís­tor, um dis­po­si­ti­vo que subs­ti­tuiu a menos efi­ci­en­te vál­vu­la e deu ori­gem à era da elec­tró­ni­ca mini­a­tu­ri­za­da como a conhe­ce­mos hoje.

Por fim, nas­cia em 1923, Chuck Yea­ger. Este Pilo­to nor­te-ame­ri­ca­no alcan­çou inú­me­ros recor­des de velo­ci­da­de, dos quais o mais famo­so é o pri­mei­ro voo tri­pu­la­do mais rápi­do que o som. O Bell X‑1 foi cons­truí­do como um avião de pes­qui­sa para atin­gir velo­ci­da­des e alti­tu­des extre­mas. Em 14 de Outu­bro de 1947, o X‑1 foi levan­ta­do do chão num B‑29 e trans­por­ta­do para 6.400 m. Ele sol­tou-se, dis­pa­ran­do qua­tro fogue­tes de com­bus­tí­vel líqui­do, o que o levou a uma velo­ci­da­de super­só­ni­ca de Mach 1,06 e a uma alti­tu­de máxi­ma de 45.000 pés (13.700 m).

Nes­ta sema­na que pas­sou e numa cola­bo­ra­ção entre a ESA e a NASA foi lan­ça­da a Solar Orbi­ter. Pro­cu­ran­do uma visão dos pólos nor­te e sul do Sol, a Solar Orbi­ter via­ja­rá para fora do pla­no eclíp­ti­co — o cin­tu­rão do espa­ço, apro­xi­ma­da­men­te ali­nha­do com o equa­dor do Sol, atra­vés do qual os pla­ne­tas orbi­tam. Pas­san­do pela Ter­ra e repe­ti­da­men­te em vol­ta de Vénus, a son­da apro­xi­mar-se‑á do Sol e subi­rá mais aci­ma da eclíp­ti­ca até ter uma visão pano­râ­mi­ca dos pólos.

Tam­bém esta sema­na que pas­sou ficá­mos a conhe­cer a nova ver­são do soft­ware Rasp­bi­an para o Rasp­ber­ry PI. Esta dis­tro base­a­da no Debi­an bus­ter tem como prin­ci­pais alte­ra­ções, melho­ri­as ao nivel do ges­tor de fichei­ros PCmanFM, do lei­tor de ecrã Orca, melho­ri­as ao nivel do Scrat­ch 3 e do Thonny e ain­da no con­tro­lo de volu­me / mixer e a capa­ci­da­de de ins­ta­lar os jogos do livro “Code the Clas­sics – Volu­me 1”.

Na News­let­ter des­ta sema­na apre­sen­ta­mos diver­sos pro­je­tos de maker. É apre­sen­ta­da tam­bém a revis­ta newe­lec­tro­nics de 11 de Feve­rei­ro.

Esta News­let­ter encon­tra-se mais uma vez dis­po­ní­vel no sis­te­ma docu­men­ta do altLab. Todas as News­let­ters encon­tram-se inde­xa­das no link.

Newsletter Nº249

Newsletter Nº249
News­let­ter Nº249

Faz hoje anos que Char­les Whe­ats­to­ne nas­cia em 1802. Este Físi­co inglês popu­la­ri­zou a pon­te Whe­ats­to­ne, um dis­po­si­ti­vo que mede com pre­ci­são a resis­tên­cia eléc­tri­ca e se tor­nou ampla­men­te uti­li­za­do em labo­ra­tó­ri­os. Na ver­da­de, ele não inven­tou a “Pon­te de Whe­ats­to­ne”. O seu con­tem­po­râ­neo, Samu­el Hun­ter Chris­tie, teve a ideia do cir­cui­to de pon­tes, mas Whe­ats­to­ne esta­be­le­ceu o pre­ce­den­te para usá-lo da manei­ra que mais comum­men­te se usa. Com o tem­po, o dis­po­si­ti­vo asso­ci­ou-se a ele e assu­miu o seu nome. No entan­to, ele inven­tou a san­fo­na (1829), o este­re­os­có­pio (1838) e uma for­ma pri­mi­ti­va do telé­gra­fo. Ele tam­bém desen­vol­veu um cro­nos­có­pio (1842) para deter­mi­nar a velo­ci­da­de dos pro­jé­teis numa arti­lha­ria ingle­sa.

Faz tam­bém anos hoje que Gerard K. O’Neill nas­cia em 1927. Este físi­co ame­ri­ca­no inven­tou o anel de arma­ze­na­men­to de fei­xe coli­den­ci­al que aumen­tou a pro­du­ção de ener­gia dos ace­le­ra­do­res de par­tí­cu­las uti­li­zan­do fei­xes de par­tí­cu­las que se movi­am atra­vés de uma câma­ra em for­ma de anel em direc­ções opos­tas. Ele cons­truiu dois anéis de arma­ze­na­men­to em Stan­ford em 1959, e a téc­ni­ca logo foi adop­ta­da para inú­me­ras ins­ta­la­ções de alta ener­gia. Como prin­ci­pal defen­sor da colo­ni­za­ção espa­ci­al, ele escre­veu em seu livro The High Fron­ti­er (1978), que as coló­ni­as espa­ci­ais pode­ri­am ser a solu­ção defi­ni­ti­va para pro­ble­mas ter­res­tres como polui­ção, super­po­pu­la­ção e fal­ta de ener­gia. Ele pro­jec­tou uma esta­ção espa­ci­al cilín­dri­ca sela­da de 1 km de com­pri­men­to para ser cons­truí­da prin­ci­pal­men­te com mate­ri­ais luna­res pro­ces­sa­dos e usan­do ener­gia solar. Seria capaz de sus­ten­tar uma coló­nia huma­na inde­fi­ni­da­men­te no espa­ço entre a Ter­ra e a Lua.

Nes­ta sema­na que pas­sou ficá­mos a saber que o gover­no da Nova Zelân­dia e a Wisk, uma empre­sa de mobi­li­da­de urba­na urba­na (UAM), anun­ci­a­ram um Memo­ran­do de Enten­di­men­to (MOU) para esta­be­le­cer um tes­te de trans­por­te de pas­sa­gei­ros em Can­ter­bury, Nova Zelân­dia. O táxi aéreo total­men­te elé­tri­co da Wisk, cha­ma­do Cora, é o avião selec­ci­o­na­do para os tes­tes.
Tam­bém esta sema­na que pas­sou a OneWeb lan­çou mais 34 saté­li­tes para o espa­ço para a cons­tru­ção de uma cons­te­la­ção de 650 saté­li­tes. Este segun­do lan­ça­men­to a bor­do de um fogue­tão Soyuz que par­tiu do Cos­mo­dro­mo de Bai­ko­nur no Caza­quis­tão.

Na News­let­ter des­ta sema­na apre­sen­ta­mos diver­sos pro­je­tos de maker assim como um mode­lo 3D para­mé­tri­co para fazer for­mi­cá­ri­os.

Esta News­let­ter encon­tra-se mais uma vez dis­po­ní­vel no sis­te­ma docu­men­ta do altLab. Todas as News­let­ters encon­tram-se inde­xa­das no link.

Newsletter Nº248

Newsletter Nº248
News­let­ter Nº248

Faz hoje anos que nas­cia o enge­nhei­ro elec­tro­téc­ni­co nor­te-ame­ri­ca­no Dou­glas Engel­bart. Nas­ci­do em 1925, ele foi o inven­tor do rato de com­pu­ta­dor. Adi­ci­o­nal­men­te ele tam­bém cola­bo­rou na inven­ção de outros dis­po­si­ti­vos de “input” como o joys­tick, a track-ball e a light pen.

Nes­ta sema­na que pas­sou o Ker­nel de Linux 5.5 foi lan­ça­do ofi­ci­al­men­te. Com a desig­na­ção de códi­go Klep­to­ma­ni­ac Octo­pus”, esta nova ver­são foi lan­ça­da por Linus Tor­valds de acor­do com o calen­dá­rio. De entre as novi­da­des des­ta­cam-se o supor­te para o Rasp­ber­ry Pi 4, over­cloc­king da GPU AMD Navi, supor­te para futu­ras pla­ta­for­mas da Intel, pagi­na­ção de nivel 5 por omis­são, dri­ver NVMe com nova inter­fa­ce, supor­te de voz para o Chro­me­bo­ok, melho­ra­men­tos ao nível do filesys­tem ext4 e btrfs, etc.

Tam­bém nes­ta sema­na que pas­sou ficá­mos a saber que o rover Curi­o­sity já recu­pe­rou do pro­ble­ma que teve à duas sema­nas poden­do dar con­ti­nui­da­de às expe­ri­ên­ci­as cien­ti­fi­cas que esta­va a fazer.

Na News­let­ter des­ta sema­na apre­sen­ta­mos diver­sos pro­je­tos de maker. São apre­sen­ta­das as revis­tas Mag­Pi Nº90 de Feve­rei­ro e newe­lec­tro­nics de 28 Janei­ro 2020.

Esta News­let­ter encon­tra-se mais uma vez dis­po­ní­vel no sis­te­ma docu­men­ta do altLab. Todas as News­let­ters encon­tram-se inde­xa­das no link.