Newsletter Nº271

Newsletter Nº271
Newsletter Nº271

Faz hoje anos que nascia, em 1802, o inventor americano Thomas Davenport. Ele é considerado o inventor do que provavelmente foi o primeiro motor eléctrico comercialmente bem-sucedido, que ele usou com grande talento para alimentar uma série de invenções. Embora vários outros inventores tenham experimentado motores, Davenport foi o primeiro a obter uma patente nos EUA (nº 132 em 25 de Fevereiro de 1837) para seu motor de corrente contínua. Ele incorporou o conceito do electroíman inventado por Joseph Henry de uma maneira que produziu um movimento rotativo usando sua própria ideia de comutador e escovas para controlar a direcção do fluxo da corrente. Ele usou um motor que construiu para alimentar máquinas de oficina e também construiu o primeiro vagão de comboio eléctrico.

Faz também hoje anos que nascia, em 1819 o inventor americano Elias Howe. Ele inventou uma máquina de costura comercialmente bem-sucedida. Embora tenha sido Walter Hunt quem construiu a primeira máquina de costura dos Estados Unidos, ele não a perseguiu. Mais tarde, Howe passou anos a desenvolver um desenho funcional e recebeu uma patente na sua própria máquina em 10 de Setembro de 1846. O sucesso comercial veio lentamente, exigindo a defesa da sua patente contra a melhor máquina comercializada por Isaac Singer.

Faz igualmente hoje anos que nascia, em 1894, o engenheiro e inventor americano Percy Spencer. Ele teve a ideia do forno de micro-ondas. Em 1940, Sir John Randall e o Dr. H. A. Boot inventaram o tubo de magnetron para produzir micro-ondas por radar. Após a guerra, o Dr. Percy Spencer, da Raytheon Company, estava a investigar o tubo de magnetron. Durante uma experiência, ele descobriu que uma barra de chocolate no bolso tinha derretido totalmente. Como o efeito de aquecimento das micro-ondas era conhecido anteriormente, o Dr. Spencer deduziu que a radiação magnetron derretera o chocolate, não o calor do corpo. Isso levou Spencer a pesquisar alimentos para cozinhar. Os primeiros fornos comerciais de micro-ondas eram equipamentos de grande porte, feitos para restaurantes.

Faz também hoje anos que nascia, em 1911, o físico americano John Archibald Wheeler. Ele foi o primeiro físico americano envolvido no desenvolvimento teórico da bomba atómica. Ele também deu origem a uma nova abordagem da teoria do campo unificado. Wheeler recebeu o Prémio Wolf de 1997 “pelas suas contribuições para a física dos buracos negros, a gravidade quântica e as teorias de espalhamento nuclear e fissão nuclear”. Depois de reconhecer que qualquer grande colecção de matéria fria não tem escolha a não ser ceder à força da gravidade e sofrer colapso total, Wheeler cunhou o termo “buraco negro” em 1967.

Faz igualmente hoje anos que nascia, em 1926,o Físico americano-dinamarquês Ben Roy Mottelson. Ele partilhou o Prémio Nobel de Física de 1975 com Aage N. Bohr e James Rainwater “pela descoberta da conexão entre movimento colectivo e movimento de partículas nos núcleos atómicos e pelo desenvolvimento da teoria da estrutura do núcleo atómico com base nessa conexão”. Este trabalho determinou as formas assimétricas de certos núcleos atómicos e as razões por trás dessas assimetrias. Pesquisas posteriores investigaram o facto de que a matéria nuclear possui propriedades remanescentes dos super-condutores.

Por fim, faz hoje anos que nascia, em 1938, o cientista americano James B. Pollack. Ele foi o investigador da NASA e ajudou a desenvolver a teoria de que a guerra atómica resultaria num “inverno nuclear” como um especialista de renome mundial no estudo de atmosferas e partículas planetárias usando técnicas de transferência radioactiva. Noutro trabalho, ele examinou as mudanças climáticas evolutivas em todos os planetas terrestres e modelos detalhados da evolução inicial dos planetas gigantes de gás. Ele fez contribuições fundamentais para o desenho de várias missões da NASA. Pollack descobriu a primeira evidência real de que as nuvens de Vénus são compostas de ácido sulfúrico. Ele explicou a razão do paradoxo dos anéis de Saturno mostrarem baixa emissividade de micro-ondas, mas alta reflectividade de radar.

Nesta semana que passou, a missão da Rocket Lab não conseguiu atingir a órbita tendo falhado. Após uma descolagem bem-sucedida, passagem do primeiro estágio e separação do estágio, o Rocket Lab teve uma anomalia durante a sua 13ª missão Electron: ‘Pics Or It Didn’t Happen.’
O problema ocorreu aproximadamente quatro minutos após o lançamento a 4 de Julho de 2020 e resultou na perda do foguetão. Como resultado, a carga a bordo do Electron não foi colocada em órbita. O Electron permaneceu dentro das zonas estabelecidas para a missão e não causou danos ao pessoal ou ao local de lançamento. O Rocket Lab está a trabalhar em estreita colaboração com a FAA para investigar a anomalia e identificar a raiz do problema para o corrigir e avançar.

Também esta semana ficámos a saber que os balões Loon da Alphabet começaram a oferecer o seu primeiro serviço comercial de Internet no Quénia. Num post no blog anunciando a notícia, o CEO da Loon, Alastair Westgarth, disse que o serviço 4G LTE será fornecido aos assinantes da Telkom Kenya através de uma frota de cerca de 35 balões, cobrindo uma área de cerca de 50.000 quilómetros quadrados nas áreas oeste e central do país, incluindo sua capital, Nairobi.

Na Newsletter desta semana apresentamos diversas noticias, artigos científicos assim como projetos de maker. É apresentado o livro “Building Secure & Reliable Systems”.

Esta Newsletter encontra-se mais uma vez disponível no sistema documenta do altLab. Todas as Newsletters encontram-se indexadas no link.

Newsletter Nº270

Newsletter Nº270
Newsletter Nº270

Faz hoje anos que nascia, em 1862, o cientista britânico William Henry Bragg. Ele foi pioneiro em física do estado sólido e foi-lhe concedido (em conjunto com o seu filho Sir Lawrence Bragg) o Prémio Nobel de Física em 1915 pelas pesquisas sobre a determinação de estruturas cristalinas. Durante a Primeira Guerra Mundial, Bragg foi encarregado de pesquisas sobre a detecção e medição de sons subaquáticos para a localização de submarinos. Ele também construiu um espectrómetro de raios-X para medir os comprimentos de onda dos raios-X.

Faz também hoje anos que nascia, em 1876, a Física nuclear canadiana Harriet Brooks. Ela foi provavelmente a primeira a observar o recuo do núcleo atómico quando partículas nucleares foram emitidas durante o decaimento radioactivo. Durante os anos de 1901-05, ela contribuiu muito para a nova ciência da radioactividade. Trabalhando com Ernest Rutherford, ela mediu a taxa na qual o rádio libertava rádon (e outros gases) no ar. Eles demonstraram que a difusão das emanações de rádio comportava-se como um gás e que esse gás tinha um peso molecular alto (acima de 100). Rutherford deu crédito ao seu trabalho ao identificar a libertação de rádon como crucial para o desenvolvimento da sua teoria da transmutação de um elemento em outro.

Faz igualmente hoje anos que nascia, em 1893, o físico germano-britânico Francis Simon. O seu trabalho em física de baixa temperatura alcançou uma baixa de 20 milionésimos de grau acima do zero absoluto. Ele evitou a vida na Alemanha de Hitler indo para Oxford. Simon trabalhou na redução de temperaturas abaixo do ponto anteriormente possível pelo efeito Joule-Thomson. O seu método era retirar calor alinhando moléculas para-magnéticas em temperaturas muito baixas e permitir que sua orientação se aleatorizasse, abstraindo mais calor do ambiente e diminuindo ainda mais a temperatura. Ele chegou mais perto do zero absoluto, embora com mais dificuldade, fazendo o mesmo com rotações nucleares.

Por fim, faz hoje anos que nascia, em 1906, o físico germano-americano Hans Bethe. Ele ajudou a moldar a física clássica na física quântica e aumentou a compreensão dos processos atómicos responsáveis pelas propriedades da matéria e das forças que governam as estruturas dos núcleos atómicos. Bethe trabalhou com relação à penetração de armaduras e à teoria das ondas de choque de um projéctil em movimento no ar. Ele estudou reacções nucleares e secções transversais de reacção. Em 1943, Robert Oppenheimer pediu a Bethe para ser o chefe da Divisão Teórica em Los Alamos no Projecto Manhattan. Ele recebeu o Prémio Nobel de Física (1967) pelo seu trabalho na produção de energia em estrelas.

Nesta semana que passou a SpaceX lançou um satélite de GPS para a Força Espacial Norte-Americana. Esta foi a 11a missão da SpaceX bem sucedida. Um foguetão Falcon 9 foi lançado no passado dia 30 do Cape Canaveral na Florida. Construído pela Lockheed Martin, este é o terceiro satélite GPS do género a ser lançado e juntar-se-á a outros dois como ele, que já estão em órbita. A SpaceX lançou um desses dois satélites num foguete Falcon 9 diferente em Dezembro de 2018 e o outro satélite foi lançado no último foguete Delta IV Medium em Agosto de 2019.

Na Newsletter desta semana apresentamos diversas noticias, artigos científicos assim como projetos de maker.

Esta Newsletter encontra-se mais uma vez disponível no sistema documenta do altLab. Todas as Newsletters encontram-se indexadas no link.

Newsletter Nº269

Newsletter Nº269
Newsletter Nº269

Faz hoje anos que nascia, em 1864, o físico alemão Walther Nernst. Ele foi um dos fundadores da química moderna. Em 1889, ele desenvolveu a sua teoria do potencial eléctrico e condução de soluções electrolíticas (a Equação de Nernst) e introduziu o produto de solubilidade para explicar as reacções de precipitação. Em 1906, Nernst mostrou que é possível determinar a constante de equilíbrio para uma reacção química a partir de dados térmicos e, ao fazê-lo, formulou o que ele próprio chamava de terceira lei da termodinâmica. Isto afirma que a entropia (uma medida termodinâmica de desordem em um sistema) aproxima-se de zero à medida que a temperatura vai em direcção ao zero absoluto. Por isto, ele recebeu o Prémio Nobel de 1920 em Química. Em 1918, ele explicou a explosão do H2-Cl2 na exposição à luz como uma reacção em cadeia do átomo.

Faz também hoje anos que nascia, em 1894, o cientista alemão Hermann Oberth. Ele era um dos três fundadores do voo espacial (com Tsiolkovsky e Goddard). Após uma lesão na Primeira Guerra Mundial, ele elaborou uma proposta para um foguete de longo alcance, propulsor líquido, que o Ministério da Guerra considerou fantasioso. Até a dissertação sobre o seu projecto de foguete foi rejeitada pela Universidade de Heidelberg. Quando o publicou como Die Rakete zu den Planetenräumen (1923; “O foguete para o espaço interplanetário”), ele ganhou reconhecimento pela sua análise matemática da velocidade do foguete que lhe permitiria escapar da atracção gravitacional da Terra. Ele recebeu uma patente romena em 1931 por um projecto de foguete com propulsor líquido. O seu primeiro foguete foi lançado em 7 de maio de 1931, perto de Berlim.

Por fim, faz hoje anos que nascia, em 1907, o físico alemão J. Hans D. Jensen. Ele propôs a teoria da estrutura nuclear dos núcleos – protões e neutrões – agrupados em camadas semelhantes a cebolas de conchas concêntricas. Ele sugeriu que os núcleos giravam em seu próprio eixo enquanto se moviam numa órbita dentro da concha e que certos padrões no número de núcleos por concha tornavam o núcleo mais estável. Os cientistas já sabiam que os electrões que orbitam o núcleo estavam dispostos em diferentes camadas. Pelo seu modelo do núcleo, Jensen partilhou o Prémio Nobel de 1963 em física (com Maria Goeppert-Mayer, que chegou à mesma hipótese de forma independente nos EUA; e Eugene P. Wigner, por trabalhos não relacionados.) Nos anos 50, Jensen trabalhou em radioactividade.

Nesta semana que passou foi anunciado o supercomputador Japonês Fugaku, que está a ser desenvolvido em conjunto pela RIKEN e Fujitsu Limited, ocupou o primeiro lugar na lista Top500, um ranking dos supercomputadores mais rápidos do mundo. Ele também limpou os outros rankings de desempenho de supercomputadores, ocupando o primeiro lugar no HPCG, um ranking de supercomputadores executando aplicações do mundo real, o HPL-AI, que classifica os supercomputadores com base nos seus recursos de desempenho para tarefas tipicamente usadas em aplicativos de inteligência artificial e Graph 500, que classifica os sistemas com base em cargas com uso intenso de dados. É a primeira vez na história que o mesmo supercomputador se torna o número 1 no Top500, HPCG e Graph500 simultaneamente. Este supercomputador é baseado em tecnologia ARM A64FX com 48 Cores a 2.2 GHz da Fujitsu e tem 7.299.072 CPU cores. Em termos de capacidade de processamento tem 415 Petaflops podendo atingir um máximo de 513 PetaFlops e tem disponível 4.87PB de RAM. Para funcionar consome uns estrondosos 28MW de energia. Ele usa o sistema operativo Red Hat Enterprise Linux. Por comparação com o anterior primeiro colocado – o Summit da IBM – este tinha “apenas” 148-PFLOPS de capacidade de calculo e consumia “apenas” 10MW.

Na Newsletter desta semana apresentamos diversas noticias, artigos científicos assim como projetos de maker. São apresentadas as revistas MagPI Nº 95 de Julho e newselectronics de 23 de Junho.

Esta Newsletter encontra-se mais uma vez disponível no sistema documenta do altLab. Todas as Newsletters encontram-se indexadas no link.

Newsletter Nº268

Newsletter Nº268
Newsletter Nº268

Faz hoje anos que nascia, em 1799 o astrónomo inglês William Lassell. Ele construiu seu próprio telescópio de 24″ de diâmetro e criou equipamentos movidos a vapor para polir o espelho de metal de especulo. Este telescópio foi o primeiro do seu tamanho a ser montado “equitativamente” para facilitar a observação das estrelas. Ele descobriu Triton, uma lua de Neptuno, e Ariel e Umbriel, satélites de Úrano. Mais tarde, Lassell construiu um telescópio de 48″ de diâmetro com o mesmo design e transportou-o para Malta para observações com céu mais claro.

Faz também hoje anos que nascia, em 1918 o químico americano Jerome Karle. Ele partilhou o prémio Nobel de química em 1985 (com Herbert A. Hauptman) pelas “suas realizações notáveis no desenvolvimento de métodos directos para a determinação de estruturas cristalinas”. O seu trabalho possibilitou a determinação de estruturas de cristal 3D, como moléculas de hormónios, vitaminas e antibióticos. Ele começou a sua carreira com um breve período em Chicago, no início da década de 1940, a trabalhar para o Projecto Manhattan, desenvolvendo a bomba atómica, e então juntou-se à equipa do Laboratório de Pesquisa Naval em 1946. Ele tornou-se o cientista chefe do Laboratório de Estrutura da Matéria. em 1968.

Faz igualmente hoje anos que nascia, em 1926 o astrónomo americano Allan Sandage. Juntamente com Thomas A. Matthews descobriu, em 1960, a primeira identificação óptica de uma fonte de rádio quase-estelar (quasar), um objecto semelhante a uma estrela que é um forte emissor de ondas de rádio. Embora fosse uma fonte estranha de emissão de rádio, sob luz visível, parecia uma estrela fraca. No entanto, este objecto emitia ondas de rádio e radiação ultravioleta mais intensas do que uma estrela típica.

Por fim, faz anos hoje que nascia, em 1932, o químico americano Dudley R. Herschbach. Ele foi pioneiro no uso de feixes moleculares para elucidar os processos de reacções químicas. Este estudo da dinâmica da reacção detalha a sequência de eventos e estados de energia dos átomos e moléculas. Pelos seus trabalhos recebeu o Prémio Nobel da química em 1986 (Juntamente com Yuan T. Lee e John C. Polanyi).

Nesta semana que passou foi lançada a versão 1.8.13 do Arduino IDE. De entre as inúmeras correcções de erros, esta versão introduz uma melhoria significativa na organização do menu de placas listadas no Menu “Tools”.

Na Newsletter desta semana apresentamos diversas noticias, artigos científicos assim como projetos de maker.

Esta Newsletter encontra-se mais uma vez disponível no sistema documenta do altLab. Todas as Newsletters encontram-se indexadas no link.

Newsletter Nº267

Newsletter Nº267
Newsletter Nº267

Faz hoje anos que nascia, em 1842 o químico, engenheiro e inventor alemão Carl von Linde. Foi ele que inventou a refrigeração mecânica. O seu primeiro equipamento de refrigeração foi testado numa cervejaria de Munique. Fabricar cerveja de boa qualidade requeria temperaturas baixas, limitando a fabricação ao inverno ou em porões profundos com o uso de grandes quantidades de gelo em bloco. Com a invenção da refrigeração por Linde, a fabricação de cerveja tornou-se sazonalmente independente. Linde também inventou um processo contínuo de liquefação de gases em grandes quantidades, o que proporcionou ímpeto e meios para a realização de pesquisas científicas a baixas temperaturas e vácuo muito alto.

Faz também hoje anos que nascia, em 1967, o físico francês Charles Fabry. Ele era especializado em óptica, desenvolvendo métodos para a medição precisa dos efeitos de interferência. Ele trabalhou com Alfred Pérot, durante 1896-1906, no desenho e uso de um dispositivo conhecido como interferometro Fabry-Pérot, especificamente para espectroscopia de alta resolução, composto por duas placas de vidro finamente prateadas colocadas em paralelo, produzindo interferência devido a múltiplas reflexões. Em 1913, Fabry demonstrou que o ozónio é abundante na atmosfera superior e é responsável por filtrar a radiação ultravioleta do Sol, protegendo a vida na superfície da Terra da maioria de seus efeitos nocivos.

Faz igualmente hoje anos que nascia, em 1910, o oceanógrafo, biólogo marinho e explorador oceânico Jacques Cousteau. Ele ficou conhecido pelas suas extensas investigações nos oceanos. Foi co-inventor do aqualung que tornou possível o mergulho autónomo (1943). Cousteau desenvolveu a série Conshelf de habitats tripulados, o Diving Saucer, um processo de televisão subaquática e várias outras plataformas e instrumentos especializados da ciência do oceano. Em 1945, ele fundou o Grupo de Pesquisa Submarina da Marinha Francesa. Ele modificou um caça-minas de madeira da Segunda Guerra Mundial no navio de pesquisa Calypso, em 1950. Verificou-se que uma cúpula de observação adicionada ao pé do arco de Calypso aumentava a estabilidade, a velocidade e a eficiência de combustível do navio.

Faz também hoje anos que nascia, em 1937, o Matemático americano David Mumford. Ele recebeu a Medalha Fields em 1974 pelo seu trabalho em geometria algébrica. Nos anos 80, ele voltou-se para a matemática aplicada com a pergunta “Existe uma abordagem matemática para entender o pensamento e o cérebro?” Isso faz parte da “Teoria dos Padrões”, apresentada por Ulf Grenander nos anos 70, para fornecer um cenário teórico para um grande número de ideias, técnicas e resultados relacionados a campos como visão computacional, reconhecimento de fala, processamento de imagem e sinal acústico, padrão reconhecimento e seu lado estatístico, redes neuronais e partes da inteligência artificial.

Por fim, faz hoje anos que nascia, em 1945, o engenheiro e inventor francês Roland Moreno. Ficou conhecido por ter inventado o smart card usado por bancos, supermercados, postos de gasolina, cartões SIM de telefones celulares, cabines telefónicas públicas, documentos de identidade e cartas de condução.

Nesta semana que passou foi anunciada a nova PS5. A nova consola da Sony virá inicialmente em branco, com pormenores pretos e azul, e vai ter duas versões: uma com suporte para formato físico Ultra HD Blu-ray e outra para formato digital.

Na Newsletter desta semana apresentamos diversas noticias, artigos científicos assim como projetos de maker. É apresentada a revista newselectronics de 9 de Junho.

Esta Newsletter encontra-se mais uma vez disponível no sistema documenta do altLab. Todas as Newsletters encontram-se indexadas no link.