Newsletter Nº251

Newsletter Nº251
News­let­ter Nº251

Faz hoje anos que nas­cia, em 1844, o físi­co aus­tría­co Ludwig Boltz­mann. Foi o fun­da­dor da mecâ­ni­ca esta­tís­ti­ca. As suas teo­ri­as inter­li­ga­vam as pro­pri­e­da­des e o com­por­ta­men­to de áto­mos e molé­cu­las com as pro­pri­e­da­des e o com­por­ta­men­to em lar­ga esca­la das subs­tân­ci­as das quais eles eram os blo­cos cons­ti­tuin­tes. Ele tam­bém ela­bo­rou uma teo­ria ciné­ti­ca dos gases e a lei de Ste­fan-Boltz­mann rela­ti­va a uma rela­ção entre a tem­pe­ra­tu­ra dum cor­po e a radi­a­ção que ele emi­te.

Tam­bém faz anos hoje que nas­cia, em 1931, o mate­má­ti­co nor­te-ame­ri­ca­no John Mil­nor. Rece­beu a meda­lha Fields em 1962 por ter pro­va­do que uma esfe­ra de 7 dimen­sões pode ter 28 estru­tu­ras dife­ren­ci­ais dife­ren­tes. Este tra­ba­lho abriu o novo cam­po de topo­lo­gia dife­ren­ci­al. O teo­re­ma de Mil­nor mos­tra que a cur­va­tu­ra total de um nó é de pelo menos 4. Na déca­da de 1950, Mil­nor fez uma quan­ti­da­de subs­tan­ci­al de tra­ba­lho em topo­lo­gia algé­bri­ca, na qual cons­truiu o espa­ço de clas­si­fi­ca­ção de um gru­po topo­ló­gi­co e deu uma rea­li­za­ção geo­mé­tri­ca de uma semi-sim­pli­ci­da­de. com­ple­xo.

Por fim, faz anos hoje que nas­cia, em 1945, o astro­fí­si­co nor­te-ame­ri­ca­no Geor­ge Smo­ot. Ele estu­dou o fun­do cós­mi­co de micro-ondas e des­co­briu a assi­na­tu­ra das ondas gra­vi­ta­ci­o­nais. Estas ondu­la­ções no espa­ço-tem­po foram pre­di­tas pela pri­mei­ra vez por Albert Eins­tein. Eles vêm dos pri­mei­ros momen­tos do cos­mos e for­ne­cem a pri­mei­ra evi­dên­cia direc­ta da expan­são após a cri­a­ção do uni­ver­so pelo Big Bang. Smo­ot lide­rou uma equi­pa de inves­ti­ga­ção para mape­ar os está­gi­os ini­ci­ais do cos­mos, des­co­brin­do um padrão de vari­a­ções minús­cu­las de tem­pe­ra­tu­ra que evo­luí­ram para o uni­ver­so ago­ra for­ma­do. Ele par­ti­lhou o Pré­mio Nobel de Físi­ca de 2006 com John C. Mather “pela des­co­ber­ta da for­ma do cor­po negro e pela ani­so­tro­pia da radi­a­ção cós­mi­ca de fun­do em micro-ondas”.

Nes­ta sema­na que pas­sou ficá­mos a saber que a Spa­ceX lan­çou mais um con­jun­to de 60 saté­li­tes para o espa­ço. Estes fazem par­te da rede de saté­li­tes de comu­ni­ca­ção Star­link. Infe­liz­men­te após o lan­ça­men­to bem-suce­di­do, o pri­mei­ro está­gio do fogue­tão não con­se­guiu pou­sar no dro­ne Ship “Of Cour­se I Still Love You” no Oce­a­no Atlân­ti­co. Se tives­se sido bem suce­di­do, teria sido um mar­co impor­tan­te para a empre­sa: 50 recu­pe­ra­ções de fogue­tões. Esta mis­são da Star­link foi o 80º lan­ça­men­to da Spa­ceX.

Tam­bém esta sema­na o veí­cu­lo lunar Yutu‑2 da Chi­na des­co­briu o que pare­cem ser rochas rela­ti­va­men­te jovens duran­te suas recen­tes acti­vi­da­des de explo­ra­ção no lado opos­to da lua. O veí­cu­lo espa­ci­al da mis­são Chang’e‑4 foto­gra­fou as rochas espa­lha­das, apa­ren­te­men­te de cor mais cla­ra. Os espé­ci­mes, que são bem dife­ren­tes daque­les já estu­da­dos pelo veí­cu­lo espa­ci­al, pode­ri­am com­ple­tar as idei­as da equi­pa sobre a his­tó­ria geo­ló­gi­ca e a evo­lu­ção da área, cha­ma­da cra­te­ra Von Kár­mán.

Na News­let­ter des­ta sema­na apre­sen­ta­mos diver­sos pro­je­tos de maker. É apre­sen­ta­da a revis­ta Hacks­pa­ce Maga­zi­ne Nº28 do mês de Mar­ço.

Esta News­let­ter encon­tra-se mais uma vez dis­po­ní­vel no sis­te­ma docu­men­ta do altLab. Todas as News­let­ters encon­tram-se inde­xa­das no link.