Newsletter Nº126

Newsletter Nº126
News­let­ter Nº126

Faz hoje anos que nas­cia, em 1698, Pier­re Louis Mau­per­tuis. Este mate­má­ti­co e filó­so­fo fran­cês ficou conhe­ci­do na his­tó­ria por ter inven­ta­do o prin­cí­pio da menor acção tam­bém conhe­ci­do por prin­cí­pio de Mau­per­tuis — uma equa­ção inte­gral que deter­mi­na o cami­nho segui­do por um sis­te­ma físico.
.
Faz tam­bém anos hoje que nas­cia, em 1852, Hen­ri Mois­san. Este quí­mi­co fran­cês ficou conhe­ci­do pelo seu tra­ba­lho no iso­la­men­to do flúor dos seus com­pos­tos. Este iso­la­men­to foi pos­sí­vel atra­vés da elec­tró­li­se de uma solu­ção de flu­o­re­to de potás­sio em áci­do flu­o­rí­dri­co. Foi tam­bém ele que desen­vol­veu o for­no para pro­du­ção indus­tri­al de acetileno.

Faz tam­bém anos que nas­cia, em 1860, Paul Ulri­ch Vil­lard. Este quí­mi­co e físi­co fran­cês foi res­pon­sá­vel pela des­co­ber­ta dos rai­os gama. Ele esta­va a estu­dar as radi­a­ções de sais de urâ­nio des­co­ber­tos por Hen­ri Bec­que­rel qua­tro anos antes. As par­tí­cu­las car­re­ga­das cujos cami­nhos esta­vam dobra­dos num cam­po mag­né­ti­co eram conhe­ci­das, mas Vil­lard encon­trou uma for­ma de radi­a­ção pene­tran­te que não se des­vi­ou, mas cha­mou pou­ca aten­ção de cien­tis­tas contemporâneos.

Por fim faz anos hoje que nas­cia, em 1925, Sey­mour Cray. Este enge­nhei­ro elec­tro­téc­ni­co nor­te-ame­ri­ca­no foi pio­nei­ro no uso de tran­sís­to­res em com­pu­ta­do­res e depois desen­vol­veu super­com­pu­ta­do­res maci­ços para gerir redes de infor­ma­ções empre­sa­ri­ais e gover­na­men­tais. Ele era o pro­e­mi­nen­te cri­a­dor dos gran­des com­pu­ta­do­res de alta velo­ci­da­de conhe­ci­dos como super­com­pu­ta­do­res. Con­si­de­ra­do o pai dos super­com­pu­ta­do­res, Cray e a sua com­pa­nhia lan­çam em 1976 o Cray-1, um super­com­pu­ta­dor onde tudo no com­pu­ta­dor era rápi­do, não ape­nas o pro­ces­sa­dor. Este foi o pri­mei­ro super­com­pu­ta­dor a imple­men­tar o dese­nho de pro­ces­sa­do­res vec­tor (tam­bém desig­na­dos por array processor).

Na sema­na que pas­sou a nave espa­ci­al Osi­ris-Rex usou a for­ça gra­ví­ti­ca da Ter­ra para se lan­çar no cami­nho do aste­ri­o­de Ben­nu. A nave espa­ci­al este­ve a cer­ca de 17 mil qui­ló­me­tros da Antar­ti­da antes de seguir uma rota para nor­te por cima do oce­a­no Paci­fi­co. A mano­bra per­mi­tiu que a nave pudes­se ganhar a velo­ci­da­de neces­sá­ria para mudar a sua orbita.

Após cer­ca de um ano de tra­ba­lhos ficou final­men­te con­cluí­da uma nova liga­ção entre a Vir­gi­nia nos Esta­dos Uni­dos e Bil­bau em Espa­nha por cabo sub­ma­ri­no. Esta infra-estru­tu­ra desig­na­da por Marea foi sub­si­di­a­da pela Micro­soft e pelo Face­bo­ok e será ope­ra­da pela Tel­xius. Com mais de 6600 qui­ló­me­tros e pesan­do cer­ca de 4.65 milhões de qui­los pode trans­mi­tir mais de 160 tera­bits de infor­ma­ção por segundo.

Tam­bém esta sema­na, o com­pu­ta­dor Spa­ce­bor­ne da HPE foi liga­do a bor­do da esta­ção espa­ci­al inter­na­ci­o­nal. O Spa­ce­bor­ne é o pri­mei­ro sis­te­ma de com­pu­ta­dor comer­ci­al de alta per­for­man­ce (COTS) com um tera­FLOP na Esta­ção Espa­ci­al Internacional.

Na News­let­ter des­ta sema­na apre­sen­ta­mos diver­sos pro­je­tos de maker assim como um mode­lo 3D que pode­rá ser útil. É apre­sen­ta­da a revis­ta Mag­PI Nº62.

Esta News­let­ter encon­tra-se mais uma vez dis­po­ní­vel no sis­te­ma docu­men­ta do altLab. Todas as News­let­ters encon­tram-se inde­xa­das no link.