Newsletter Nº241

Newsletter Nº241
Newsletter Nº241

Faz hoje anos que nascia, em 1774 – William Henry. Este Médico e químico inglês, em 1803, propôs a chamada lei de Henry, que afirma que a massa de um gás dissolvido por um determinado volume de solvente, a uma temperatura constante, é directamente proporcional à pressão do gás acima do líquido, desde que nenhuma ação química ocorra. A lei vale apenas para gases levemente solúveis a baixa pressão. Henry era amigo íntimo de John Dalton, mas, apesar das habilidades e alcance superiores como experimentador, não possuía a ousadia de Dalton como teórico, e Henry nunca se comprometeu com a teoria atómica.

Faz também hoje anos que nascia, em 1846, Eugen Baumann. Este químico alemão descobriu que a glândula tiróide era rica em iodo, um elemento antes desconhecido que ocorre naturalmente no tecido animal, tornando a glândula tiróide única por ser o único tecido a conter iodo. Isto levou à descoberta da hormona da tiróide contendo iodo e ao seu tratamento em distúrbios da tiróide.

Faz igualmente hoje anos que nascia, em 1866, Alfred Werner. Este químico suíço ficou conhecido pela sua pesquisa inicial sobre a estrutura dos compostos de coordenação e deu-lhe o Prémio Nobel de Química de 1913. Ele demonstrou que a estereo-química não era apenas propriedade dos compostos de carbono, mas era geral para toda a química. A sua teoria da coordenação química (1893) reconheceu que muitos metais pareciam mostrar valência variável e formar compostos complexos. Certos metais, como o cobalto e a platina, foram capazes, por meio das suas valências secundárias, de se unirem a um certo número de átomos ou moléculas. Estes foram denominados por “compostos de coordenação” de Werner e o número máximo de átomos (ou “ligantes”, como ele os chamava) que podem ser unidos ao metal central é o seu número de coordenação.

Faz também hoje anos que nascia, em 1900, Mária Telkes. Esta física húngaro-americana foi pioneira na aplicação de energia solar à destilação de água e aquecimento doméstico. Ela imigrou para os EUA em 1925, trabalhou como biofísica (1926-37) e naturalizou-se em 1937. Como consultora civil do Escritório de Pesquisa e Desenvolvimento Científico dos EUA durante a Segunda Guerra Mundial, ela elaborou um sistema de destilação de água aquecida por energia solar para tornar a água do mar potável. No final da década de 1940, ela projectou um sistema de armazenamento químico de energia solar para a primeira casa com aquecimento solar, um projecto do MIT construído em Dover, Massachusetts. Ela desenvolveu um fogão movido a energia solar e, na década de 1970, experimentou um sistema de ar condicionado que armazenava o ar fresco da noite para uso durante o calor do dia seguinte.

Por fim, faz anos hoje que nascia, em 1927, Robert Noyce. Este engenheiro e inventor americano que, com Jack Kilby foram responsáveis pela invenção do circuito integrado, um sistema de transístores interligados num único micro-chip de silício. Em 1957 co-fundou a Fairchild Semiconductor. Em 1968, ele e seu colega Gordon E. Moore foram co-fundadores da N.M. Electronics, que mais tarde seria renomeada para Intel Corporation.

Nesta semana que passou a Harbor Air e magniX anunciam o primeiro voo bem-sucedido do primeiro avião elétrico comercial do mundo. O voo bem-sucedido do ePlane, um DHC-2 de Havilland Beaver para seis passageiros, equipado com um sistema de propulsão magni500 de 750 cavalos de potência (560 kW), ocorreu no rio Fraser no terminal da Harbor Air Seaplanes em Richmond (YVR South). O avião foi pilotado pelo CEO e fundador da Harbor Air, Greg McDougall. Este vôo histórico significa o início da terceira era na aviação – a era da eletricidade.

Também nesta semana que passou a Blue Origin lançou com sucesso a missão New Shepherd. Esta missão foi mais um passo no sentido de verificar que o New Shepard está preparado para voos espaciais humanos, à medida que continua a ser amadurecida a segurança e a confiança do veículo. Este foi o sexto voo para este veículo New Shepard em particular. A Blue Origin até agora reutilizou dois boosters cinco vezes cada um consecutivamente, sendo que hoje marca um recorde com este booster a completar o seu sexto voo para o espaço e de volta.

Na Newsletter desta semana apresentamos diversos projetos de maker assim como alguns modelos 3D úteis. É apresentado o Livro “Earth at Night” pela NASA.

Esta Newsletter encontra-se mais uma vez disponível no sistema documenta do altLab. Todas as Newsletters encontram-se indexadas no link.