Newsletter Nº227

Newsletter Nº227
Newsletter Nº227

Faz hoje anos que nascia, em 1667, Girolamo Saccheri. Este Matemático italiano trabalhou para provar o quinto postulado de Euclides, que pode ser declarado como: “Através de qualquer ponto que não esteja numa determinada linha, uma e apenas uma linha podem ser traçadas paralelas à linha”. Euclides viu que a prova não era evidente, mas também não a forneceu; em vez disso, ele a aceitou como uma suposição. Posteriormente, muitos matemáticos tentaram provar este quinto postulado a partir dos restantes axiomas – e falharam. Saccheri adoptou a nova abordagem de assumir primeiro que o postulado estava errado, depois seguiu todas as consequências, procurando qualquer contradição que deixasse o único postulado original como a única solução possível. No processo, ele chegou perto de descobrir a geometria não euclidiana, mas desistiu cedo demais.

Faz também anos hoje que nascia, em 1850, Eugen Goldstein. Este físico alemão descobriu e nomeou os raios do canal (1886) que emergem através de orifícios nos ânodos dos tubos de descarga eléctrica de baixa pressão (posteriormente mostrados como partículas carregadas positivamente). Anteriormente, ele designou o termo “raio catódico” (1876) emitido a partir de um cátodo. Ele foi o primeiro a ver que eles podiam projectar uma sombra e foram emitidos perpendicularmente à superfície. Ele também investigou os comprimentos de onda da luz emitida por metais e óxidos quando os raios do canal colidem sobre eles.

Por fim, faz anos hoje que nascia, em 1932, Robert H. Dennard. Este Engenheiro electrotécnico norte-americano é responsável pela invenção da memória dinâmica de acesso aleatório (DRAM), para a qual foi emitida uma patente em 1968. Dennard também foi um dos primeiros a reconhecer o tremendo potencial de reduzir os MOSFETs. A teoria de escala que ele e seus colegas formularam em 1974 postulou que os MOSFETs continuam a funcionar como interruptores controlados por tensão, enquanto todas as figuras de mérito, como densidade de layout, velocidade operacional e eficiência energética, melhoram – desde que as dimensões geométricas, as tensões e concentrações de doping sejam consistentemente dimensionadas para manter o mesmo campo eléctrico. Esta propriedade está subjacente ao cumprimento da Lei de Moore e à evolução da micro-electrónica nas últimas décadas.

Nesta semana que passou a nave espacial Indiana Chandrayaan-2 libertou a sonda Vikram que irá aterrar na Lua. As duas metades da missão lunar da Índia se separaram em preparação para o momento mais importante de todo o esforço.
A 2 de Setembro, a missão Chandrayaan-2 dividiu-se em duas naves espaciais distintas: uma que irá circular pelos pólos da Lua por cerca de um ano e um módulo de aterragem que, no final desta semana, tentará o primeiro toque da Índia na Lua.

Também esta semana ficámos a saber que foi lançada a especificação USB 4. Esta vem essencialmente permitir a operação de duas faixas usando cabos USB Type-C existentes e operação de até 40 Gbps em cabos certificados, os vários protocolos de dados e exibição irão partilhar com eficiência a largura de banda agregada máxima, e a compatibilidade com versões anteriores com USB 3.2, USB 2.0 e Thunderbolt 3.

Por fim, é esperado que um asteróide maior que a Torre Eiffel possa passar perto da Terra nas próximas horas. O GT3 2019 é classificado como um “asteróide potencialmente perigoso”, o que significa que está a ser examinado detalhadamente pela comunidade astronómica, apenas algumas semanas após a passagem muito próxima de outro sobrevoo – o de um objecto “aniquilador de cidades” com a designação de 2019 OK. A NASA alertou que este asteróide gigantesco que ultrapassa uma bomba nuclear de 50 mega-toneladas de energia passará pela Terra amanhã. A rocha espacial em questão, que tem o nome de 2019 GT3, tem uns impressionantes 370 metros de largura, maior em tamanho do que a icónica Torre Eiffel.

Na Newsletter desta semana apresentamos diversos projetos de maker.

Esta Newsletter encontra-se mais uma vez disponível no sistema documenta do altLab. Todas as Newsletters encontram-se indexadas no link.