Newsletter Nº212

Newsletter Nº212
Newsletter Nº212

Faz hoje anos que nascia, em 1779, Paul Moody. Este inventor e mecânico de máquinas têxteis norte-americano, colaborou com Francis Cabot Lowell, o principal fundador de uma fábrica têxtil da Boston Manufacturing Company em Waltham, Massachusetts. Moody supervisionou as operações da fábrica, mas também trabalhou com a Lowell para desenvolver um tear eléctrico eficiente, o primeiro construído nos EUA (1814), o aparato de fiação “fuso morto” e outras inovações. Em 1823, tornou-se investidor e começou a trabalhar na recém-fundada Merrimack Company, em Lowell, Massacusetts, para fabricar chita. Contribuindo com um número substancial de melhorias patenteadas em máquinas têxteis, ele foi importante no desenvolvimento da indústria têxtil na Nova Inglaterra.

Faz também anos hoje que nascia, em 1908, John Bardeen. Este físico norte-americano recebeu o Prémio Nobel de Física em 1956 e 1972. Ele partilhou o prémio de 1956 com William B. Shockley e Walter H. Brattain pela sua invenção conjunta do transístor. Com Leon N. Cooper e John R. Schrieffer, ele recebeu o prémio de 1972 pelo desenvolvimento da teoria dos super-condutores, geralmente chamada de teoria BCS.

Faz igualmente anos hoje que nascia, em 1917, Edward Norton Lorenz. Este matemático e meteorologista norte-americano ficou conhecido por apontar o “efeito borboleta”, segundo o qual a teoria do caos prevê que “estados iniciais levemente diferentes podem evoluir para estados consideravelmente diferentes”. No seu artigo de 1963 no Journal of Atmospheric Sciences, ele citou o bater de asas de uma gaivota, como capaz de mudar o estado da atmosfera, mesmo de maneira tão trivial, pode resultar em enormes mudanças no resultado dos padrões climáticos. Assim, a previsão meteorológica de longo alcance torna-se quase impossível. Ele determinou esse resultado inesperado em 1961 enquanto executava uma simulação de computador do clima que dava resultados completamente diferentes com pequenas alterações nos dados de entrada.

Por fim, faz anos hoje que nascia, em 1934, Robert Moog. Este engenheiro e inventor norte-americano deu um avançou na música electrónica com seu sintetizador Moog. A sua paixão pela construção de circuitos electrónicos começou na sua juventude e, aos 14 anos, ele construiu um theremin. Enquanto pós-graduado, Moog desenvolveu o seu primeiro sintetizador electrónico analógico, completo com rodas de controle para criar um amplo espectro de modificações de formas de onda sonoras geradas a partir de circuitos electrónicos de osciladores. Na década de 1960, ele tinha um modelo portátil, o Minimoog, que fornecia a muitos grupos de rock sons distintos. Em 1968, Walter (mais tarde Wendy) Carlos ganhou um Grammy por Switched on Bach, com todas as faixas de instrumento tocadas inteiramente num sintetizador Moog.

Nesta semana que passou a NASA anunciou que vai voltar à Lua. Numa das primeiras etapas dos planos de exploração lunar da agência Artemis, a NASA anunciou na quinta-feira a selecção da Maxar Technologies, anteriormente SSL, em Westminster, Colorado, para desenvolver e demonstrar recursos de potência, propulsão e comunicações para o portal lunar da NASA. Encarregados de voltar à Lua dentro de cinco anos, os planos de exploração lunar da NASA baseiam-se numa abordagem em duas fases: a primeira está focada na velocidade – aterrar na Lua em 2024 – enquanto a segunda estabelecerá uma presença humana sustentada Lua até 2028. O que aprendermos com esta missão será usado para nos prepararmos para enviar astronautas a Marte.

Na Newsletter desta semana apresentamos diversos projetos de maker. É apresentada a revista Hackspace Magazine nº19 de Junho.

Esta Newsletter encontra-se mais uma vez disponível no sistema documenta do altLab. Todas as Newsletters encontram-se indexadas no link.