Newsletter Nº195

Newsletter Nº195
Newsletter Nº195

Faz hoje anos que nascia, em 1798, [Karl Georg Christian von Staudt](https://en.wikipedia.org/wiki/Karl_Georg_Christian_von_Staudt). Este matemático alemão desenvolveu a primeira teoria completa de pontos imaginários, linhas e planos na geometria projectiva. O seu trabalho inicial foi determinar a órbita de um cometa e, com base nesse trabalho, ele recebeu o seu doutoramento. Ele mostrou como construir um polígono regular de 17 lados usando apenas compassos. Ele voltou-se para a geometria projectiva e os números de Bernoulli (descobertos por Jacob Bernoulli). Um trabalho importante em geometria projectiva, Geometrie der Lage foi publicado em 1847. Foi o primeiro trabalho a libertar completamente a geometria projectiva de qualquer base métrica. Ele também deu uma solução geométrica para equações quadráticas.

Faz também hoje anos que nascia, em 1872, [Morris Travers](https://en.wikipedia.org/wiki/Morris_Travers). Este químico inglês, enquanto trabalhava com Sir William Ramsay em Londres, descobriu o elemento krypton (30 de maio de 1898). O nome deriva da palavra grega para “oculto”. Era uma fracção separada do ar liquefeito, que quando colocado num tubo de Plücker ligado a uma bobina de indução produzia um espectro com uma linha amarela brilhante com um tom mais verde que a linha de hélio conhecida e uma linha verde brilhante que correspondia a nada visto antes.

Faz igualmente hoje anos que nascia, em 1882, [Harold D. Babcock](https://en.wikipedia.org/wiki/Harold_D._Babcock). Este Astrónomo norte-americano conjuntamente com o seu filho, Horace, inventou o magnetógrafo solar (1951), para observação detalhada do campo magnético do Sol. Com o seu magnetógrafo, os Babcocks mediram a distribuição de campos magnéticos sobre a superfície solar a uma precisão sem precedentes e descobriram estrelas magneticamente variáveis. Em 1959, Harold Babcock anunciou que o Sol inverte a sua polaridade magnética periodicamente. Os estudos laboratoriais precisos de Babcock sobre espectros atômicos permitiram que outros identificassem as primeiras linhas “proibidas” em laboratório e descobrissem os raros isótopos de oxigénio. Com C.E. St. John, ele melhorou muito a precisão dos comprimentos de onda de cerca de 22.000 linhas no espectro solar, referindo-os a padrões recém-determinados.

Faz também hoje anos que nascia, em 1902 – [Oskar Morgenstern](https://en.wikipedia.org/wiki/Oskar_Morgenstern). Este economista e matemático germano-americano popularizou a “teoria dos jogos”, que analisa matematicamente o comportamento do homem ou dos animais em termos de estratégias para maximizar os ganhos e minimizar as perdas. Ele é co-autor de Teoria dos Jogos e Comportamento Económico (1944), com John von Neumann, que estendeu a teoria de jogos de estratégia de Neumann de 1928 para situações de negócios competitivas. Eles sugeriram que, muitas vezes, numa situação de negócios (“jogo”), o resultado depende de várias partes (“jogadores”), cada uma estimando o que todas as outras farão antes de determinar sua própria estratégia. Morgenstern foi professor na Universidade de Viena, na Áustria, de 1931 até a ocupação nazista em 1938), quando fugiu para os Estados Unidos e se juntou ao corpo docente da Universidade de Princeton. As suas publicações posteriores incluíram trabalhos sobre previsão económica e aspectos da defesa dos EUA.

Faz igualmente hoje anos que nascia, em 1931, [Lars Hörmander](https://en.wikipedia.org/wiki/Lars_H%C3%B6rmander). Este matemático sueco recebeu a Medalha Fields em 1962 pelo seu trabalho em equações diferenciais parciais. Passando cinco anos por escrito, ele produziu um texto “A análise de operadores diferenciais parciais lineares”, em quatro volumes (1983-85). Entre 1987 e 1990, ele foi vice-presidente da União Matemática Internacional. Em 1988, Hörmander recebeu o Prémio Wolf. O texto de Hörmander, “Uma Introdução à Análise Complexa em Diversas Variáveis”, tornou-se um clássico que lida com a teoria das funções de diversas variáveis complexas.

Por fim, faz hoje anos que nascia, em 1947, [Michio Kaku](https://en.wikipedia.org/wiki/Michio_Kaku). E um físico teórico norte-americano, futurista e divulgador da ciência (comunicador científico). Ele é professor de física teórica no City College de Nova York e no CUNY Graduate Center. Kaku escreveu vários livros sobre física e assuntos relacionados, esteve presente em programas de rádio, televisão e cinema, e escreve blogs e artigos online.

Faz hoje 15 anos que o Rover Opportunity da NASA se encontra na superfície de Marte. O Rover pousou numa região do Planeta Vermelho chamada Meridiani Planum em 24 de Janeiro de 2004, enviando seu primeiro sinal de volta à Terra por volta das 9h05 da tarde. PST (25 de Janeiro de 2004, às 12h05 EST). O rover do tamanho de um carro de golfe foi projectado para viajar 1.006 metros e operar no Planeta Vermelho por 90 dias (sois) de Marte. Ele viajou mais de 45 km e registou seu 5.000º dia (ou sol) de Marte em Fevereiro de 2018.

Também nesta semana que passou a Boeing anunciou que o seu Veículo Aéreo de Passageiros Autónomo completou o Primeiro Voo. O protótipo do PAV completou uma descolagem controlada, pairando e pousando durante o voo, que testou as funções autónomas e os sistemas de controle de solo do veículo. Os voos futuros testarão o voo directo com asas, bem como a fase de transição entre os modos vertical e de voo directo. Esta fase de transição é tipicamente o desafio de engenharia mais significativo para qualquer aeronave VTOL de alta velocidade.

Na Newsletter desta semana apresentamos diversos projetos de maker assim como um modelo 3D que poderá ser útil. São apresentadas as revistas HackSpace magazine #15, a Hello World issue 7 e a micro:mag issue 3.

Esta Newsletter encontra-se mais uma vez disponível no sistema documenta do altLab. Todas as Newsletters encontram-se indexadas no link.