Newsletter Nº192

Newsletter Nº192
Newsletter Nº192

Faz hoje anos que nascia, em 1823, Robert Whitehead. Este engenheiro britânico foi responsável pela invenção do torpedo moderno. O seu primeiro torpedo não tinha velocidade nem alcance. No entanto, em 1870 ele conseguiu aumentar a sua velocidade para 7 nós e agora conseguia atingir um alvo a cerca de 600 metros de distância. No ano seguinte, a marinha britânica comprou a invenção de Whitehead. Embora um torpedo de mastro, uma carga ligada a um longo mastro e carregado por um pequeno barco, tivesse sido usado durante a Guerra Civil Americana, Robert Whitehead foi o primeiro a produzir um torpedo auto-propulsionado. O torpedo de Whitehead era impulsionado por um motor de ar comprimido, carregado com 8 quilos de dinamite. A sua característica mais importante era um dispositivo auto-regulador que mantinha o torpedo a uma profundidade predefinida constante. Edison fez um filme de um lançamento de torpedo de Whitehead (1900).

Faz também anos hoje que nascia, em 1906, William Wilson Morgan. Este astrónomo norte-americano, em 1951, forneceu a primeira evidência de que a galáxia da Via Láctea possui braços espirais. Ele passou toda a sua carreira no Observatório Yerkes, incluindo três anos como director. Evitando a teoria, sua pesquisa foi dedicada à morfologia, a classificação dos objetos por sua forma e estrutura. Com Keenan e Kellman, ele introduziu classes de luminosidade estelar e a classificação bidimensional de espectros estelares estritamente baseada nos próprios espectros. Com Osterbrock e Sharpless, ele demonstrou a existência de braços espirais na Galáxia usando distâncias precisas de estrelas O e B obtidas a partir de classificações espectrais. Morgan inventou o sistema UBV de magnitudes e cores.

Por fim, faz anos hoje que nascia, em 1929, Gordon Moore. Este engenheiro norte-americano ficou conhecido por ser co-fundador e presidente da Intel. Tendo começado a sua carreira na Shockley Semiconductor Laboratory passou pela Fairchild Semiconductor Laboratory e por fim, em 1968 fundou com Robert Noyce a NM Electronics que mais tarde se chamaria de Intel Corporation. Foi ele que enunciou num paper que publicou a famosa Lei de Moore. Esta definia que o número de transístores dos chips teria um aumento de 100%, pelo mesmo custo, a cada período de 18 meses. Como o custo do computador para o consumidor cai, o custo para os produtores cumprirem a lei de Moore segue uma tendência oposta: os custos de R & D, manufatura e teste aumentaram de forma constante com cada nova geração de chips. O aumento dos custos de fabricação é uma consideração importante para a sustentação da lei de Moore. Isto levou à formulação da segunda lei de Moore, também chamada de lei de Rock, segundo a qual o custo de capital de uma fábrica de semicondutores também aumenta exponencialmente ao longo do tempo.

Nesta semana que passou a NASA informou que às 14h43 EST em 31 de Dezembro, enquanto muitos na Terra se preparavam para receber o Ano Novo, a nave espacial OSIRIS-REx da NASA, a 110 milhões de quilómetros de distância, realizou uma queima de oito segundos de seus propulsores – e bateu um recorde da exploração espacial. A nave entrou em órbita ao redor do asteroide Bennu e transformou Bennu no menor objeto a ser orbitado por uma nave. O grande objectivo desta missão é recolher amostras do asteroide e trazê-las para a Terra.

Esta quinta-feira a China tornou-se no primeiro país a aterrar uma sonda no lado mais afastado da Lua, a Chang’e-4, informou a televisão estatal. A sonda com o nome da deusa chinesa da Lua, pousou no satélite natural da Terra, na cratera Von Kármán às 03:26 de Lisboa. A sonda permanecerá estacionária na superfície em uma região conhecida como bacia do Pólo Sul – Aitken. No entanto, ela também carrega um rover de seis rodas que os cientistas chineses usarão para explorar o outro lado da lua. O rover mede 1 metro de diâmetro e pesa 140 kg, significativamente menor do que o Curiosity da NASA, baseado em Marte. O tempo de vida esperado do projeto é de três meses, e o objetivo é verificar o crescimento de plantas e captar sinais de radiofrequência, normalmente bloqueados pela atmosfera terrestre.

Na Newsletter desta semana apresentamos diversos projetos de maker assim como alguns modelos 3D que poderão ser úteis.

Esta Newsletter encontra-se mais uma vez disponível no sistema documenta do altLab. Todas as Newsletters encontram-se indexadas no link.