Newsletter Nº150

Newsletter Nº150
Newsletter Nº150

Faz hoje anos que nascia, em 1713, Nicolas-Louis de Lacaille. Este astrónomo francês deu nome a 15 das 88 constelações no céu. Ele passou 4 anos a mapear as constelações visíveis do Hemisfério Sul, como observado a partir do Cabo da Boa Esperança, a parte mais meridional da África. Durante os anos que lá esteve, ele disse ter observado mais de 10.000 estrelas usando apenas o seu refractor de meia polegada. Ele estabeleceu o primeiro catálogo de estrelas do sul que continha 9776 estrelas (Caelum Australe Stelliferum, publicado em parte em 1763 e completamente em 1847) e um catálogo de 42 nebulosas em 1755 contendo 33 objectos do espaço profundo (26 suas próprias descobertas).

Faz também anos hoje que nascia, em 1855, Charles Vernon Boys. Este físico inglês foi inventor de diversos instrumentos sensíveis. Os seus estudos incluíram mineração, metalurgia, química e física. Ele também foi autodidacta num amplo campo de métodos geométricos. Em 1881, ele inventou a integraph, uma máquina para desenhar a anti-derivada de uma função. Boys é conhecido particularmente pelo seu livro definitivo (1890) sobre as bolhas de sabão da física. Ele empregou a torção de fibras de quartzo para medir forças minuciosas, repetindo a experiência de Henry Cavendish, para melhorar a medida da constante gravitacional newtoniana. Ele também inventou um calorímetro de gravação automático melhorado para testar gás de carvão da cidade e câmaras de alta velocidade para fotografar objectos em movimento rápido, como balas e descargas de relâmpago.

Por fim, faz anos hoje que nascia, em 1930, Zhores Alferov. Este físico russo do campo da física do estado sólido, partilhou (com Bert Kroemer e Jack St. Clair Kilby) o Prémio Nobel de Física em 2000 “para o desenvolvimento de heterostruturas de semicondutores usadas em alta velocidade e optoeletrónica”. Alferov inventou o heterotransistor. Isto permitiu lidar com frequências muito mais altas do que seus antecessores, e aparentemente revolucionou o telemóvel e as comunicações por satélite. Alferov e Kroemer aplicaram de forma independente esta tecnologia para disparar luzes laser. Isto, por sua vez, revolucionou o desenho de semicondutores numa série de áreas, incluindo LEDs, leitores de códigos de barras e CDs.

Nesta semana que passou ficámos a saber que existe uma organização empenhada em utilizar a tecnologia de impressão 3D para a criação de casas em países em vias de desenvolvimento. Nas colinas de BAIXA-SLUNG de El Salvador, construir uma casa não é uma tarefa fácil. A terra é vulnerável a terremotos, inundações, erupções vulcânicas. As estradas são frágeis e a energia eléctrica é escassa. Nos últimos anos, New Story – uma instituição de caridade residencial com sede em São Francisco – construiu mais de 150 casas, substituindo lonas e abrigos de sucata por casas que possuem telhados e pisos adequados. É um trabalho lento e laborioso num país onde quase um terço da população está sem abrigo. Cerca de um ano atrás, a organização começou a procurar por formas alternativas para construir estas tão necessárias casas e descobriu que a impressão em 3D poderia ser uma opção.

Também esta semana ficámos a conhecer um jovem de Andorra de nome David Aguilar, que desde muito novo era obcecado por Lego. Ele passou a sua infância a construir carros, aviões, helicópteros e, eventualmente, sua própria prótese. Nascido com um braço deformado, o auto-denominado “Hand Solo” decidiu levar as suas habilidades de construção de Lego para o próximo nível. Aos 18 anos, ele aperfeiçoou o seu projeto com o MK2, uma prótese para o braço com a capacidade de dobrar e pegar objectos com um aperto de pinça.

Ontem foi o dia PI, como é conhecido o dia 14 do mês 3, e a fundação Raspberry PI resolveu anunciar nessa data o novo Raspberry PI 3 B+. As principais melhorias deste modelo são um processador ARM Cortex-A53 CPU com 4 núcleos a 1.4GHz, Wifi Dual-band 802.11ac wireless LAN, Bluetooth 4.2, ethernet Gigabit (limitada a 300MBps), melhorias no boot de PXE e de USB e melhorias na gestão térmica.

Na Newsletter desta semana apresentamos diversos projetos de maker. É apresentada também a revista newelectronics de 13 de Março de 2018 e o livro Git Magic sobre diversos truques na utilização deste sistema de versionamento.

Esta Newsletter encontra-se mais uma vez disponível no sistema documenta do altLab. Todas as Newsletters encontram-se indexadas no link.