Newsletter Nº109

Newsletter Nº109
Newsletter Nº109

Faz hoje anos que nascia em 1907 Frank Whittle. Este engenheiro inglês da RAF ficou na história como sendo o responsável pela invenção do motor a jato. Whittle continuou a trabalhar no princípio do motor a jato após o trabalho da sua tese, mas finalmente abandonou-o quando através de cálculos demonstrou que pesaria tanto como um motor convencional do mesmo impulso. Ponderando o problema que ele pensou: “Por que não substituir uma turbina pelo motor de pistão?” Em vez de usar um motor de pistão para fornecer o ar comprimido para o queimador, uma turbina pode ser usada para extrair algum poder da exaustão e conduzir um compressor similar ao utilizado para super-alimentadores. O impulso de escape restante iria alimentar o avião.
Faz hoje também anos Nicolas Léonard Sadi Carnot. Este físico e engenheiro militar francês nascido em 1796 ficou conhecido como o paii da termodinâmica. Carnot criou a primeira teoria bem sucedida da eficiência máxima de motores de calor. O trabalho de Carnot atraiu pouca atenção durante sua vida, mas depois foi usado por Rudolf Clausius e Lord Kelvin para formalizar a segunda lei da termodinâmica e definir o conceito de entropia. Ficou conhecido pelo ciclo de Carnot e pelo teorema de Carnot que é um princípio que especifica os limites da eficiência máxima que qualquer motor térmico pode obter. A eficiência de um motor Carnot depende unicamente da diferença entre os reservatórios de temperatura quente e fria.

Esta semana ficámos a saber que a SpaceX fez história ao lançar com sucesso o primeiro foguete com o seu “booster” reutilizado. A dupla conquista de relançar um foguete usado e recuperar o foguete novamente foram saudados pelo milionário do fundador da SpaceX, Elon Musk, como um passo revolucionário na busca em reduzir os custos de lançamento e reduzir os intervalos entre os slots espaciais.
A NASA alterou o nome da nave espacial Solar Probe Plus – a primeira missão da humanidade para uma estrela, que será lançada em 2018 – para “Parker Solar Probe” em homenagem ao astrofísico Eugene Parker. Esta missão pretende sondar a coroa exterior do Sol. Vai-se aproximar até 8,5 raios solares (5,9 milhões de quilómetros) da “superfície” do Sol
Também esta semana começou a construção do maior telescópio óptico do mundo. Uma vez completo, será conhecido como o maior telescópio óptico do mundo, que é cinco vezes maior do que os principais instrumentos de observação que estamos a usar hoje. De acordo com os especialistas, o tamanho do telescópio óptico tem o potencial de transformar a nossa compreensão do universo, e com seu espelho principal, ele terá cerca de 39 metros. O ELT está situado numa montanha de 3.000 metros de altura no meio do deserto de Atacama e está calendarizado para começar a trabalhar em 2024.

Na Newsletter desta semana apresentamos diversos projetos de maker. São igualmente apresentados três livros, um sobre partilha de conhecimento com o mundo de forma sustentada, outro sobre introdução a robôs autónomos e o ultimo sobre fundamentos de programação – uma aproximação estruturada e modular usando C++.

Esta Newsletter encontra-se mais uma vez disponível no sistema documenta do altLab. Todas as Newsletters encontram-se indexadas no link.