Newsletter Nº134

Newsletter Nº134
Newsletter Nº134

Faz hoje anos que nascia, em 1837, Johannes Diderik van der Waals. Este físico holandês ficou conhecido pela sua pesquisa sobre os estados gasosos e líquidos da matéria. O seu principal trabalho foi desenvolver uma equação (a equação van der Waals) que – ao contrário das leis de Charles Boyle e Jacques Charles – aplica-se a gases reais. Uma vez que as moléculas têm forças de atracção e volume (por mais pequeno que seja), van der Waals introduziu na teoria duas constantes adicionais para levar em consideração essas propriedades. As fracas forças electrostáticas atractivas entre moléculas e entre átomos são chamadas de forças van der Waals em sua homenagem. Seus valiosos resultados permitiram que James Dewar e Heike Kamerlingh-Onnes estudassem os métodos de liquidificar os gases permanentes. Foi-lhe atribuído o prémio Nobel da Física em 1910.

Faz também anos hoje que nascia, em 1869, Valdemar Poulsen. Este engenheiro dinamarquês desenvolveu em 1903 o primeiro dispositivo para gerar ondas de rádio contínuas, contribuindo para o desenvolvimento da radiodifusão. O seu transmissor de arco aumentou a faixa de frequência de Duddell’s Songing Arc (1900) da faixa de áudio para ondas de rádio, permitindo que a fala fosse transmitida até um raio de 240 km. Em 1920, o transmissor do arco de Poulsen era tão poderoso quanto 1000kW com faixas de até 4.000 km. Uma invenção anterior era o Telegrafono, para o qual ele submeteu uma patente na Dinamarca em 1 de Dezembro de 1898. Este foi o primeiro dispositivo na história a usar gravação de som magnético, embora esta invenção permaneça comercialmente impraticável devido à baixa saída de som até ao advento dos amplificadores de tubo de vácuo na década de 1930.

Faz igualmente hoje anos que nascia, em 1874, Theodore Lyman. Este físico norte-americano, fez estudos importantes em fenómenos relacionados com redes de difracção, nos comprimentos de onda da luz ultravioleta de vácuo descoberta por Victor Schumann e também nas propriedades da luz de um comprimento de onda extremamente curto, sobre o qual ele contribuiu com documentos valiosos para a literatura de física nos procedimentos das sociedades científicas.

Faz também anos hoje que nascia, em 1887, Henry Moseley. Este físico britânico demonstrou experimentalmente que as principais propriedades de um elemento são determinadas pelo número atómico, não pelo peso atómico, e estabeleceu firmemente a relação entre o número atómico e a carga do núcleo atómico. Usando técnicas fotográficas de raio X, ele determinou uma relação matemática entre o comprimento de onda da radiação e os números atómicos dos elementos emissores. Moseley obteve várias relações quantitativas a partir das quais ele previu a existência de três elementos em falta (números 43, 61 e 75) na tabela periódica, todos os quais foram posteriormente identificados.

Por fim, faz anos hoje que nascia, em 1894, Donald Deskey. Este desenhador industrial norte-americano ajudou a estabelecer o design industrial como uma profissão. Ele criou o uso inventivo de materiais industriais para fins decorativos. Deskey inventou um laminado de alta pressão conhecido como Weldtex. Ele projectou as luzes de rua bem conhecidas na comissão para a cidade de Nova York em 1958 como um novo protótipo de padrão de luz de rua. Ele trouxe um olhar novo e modernista para móveis e interiores, incluindo o de Radio City Music Hall.

Esta semana ficámos a saber que a Tesla vai comercializar um camião eléctrico com autonomia de 800 Km. A bateria pode ter até 1 megawatt-hora de energia. E com um sistema de Tesla Megacharger mais novo, super-rápido, um camionista pode adicionar 600 Km de alcance em 30 minutos. O Tesla Semi entrará em produção em 2019, afirma a Tesla.

Também esta semana ficámos a saber que astrónomos observaram um asteróide intrigante que se deslocou através do sistema solar numa trajectória inclinada do espaço interestelar – o primeiro objecto confirmado vindo de outro sistema estelar. Agora, novos dados revelam que o intruso interestelar é um objecto rochoso em forma de charuto com uma tonalidade um pouco avermelhada. O asteróide, chamado ‘Oumuamua pelos seus descobridores, tem até 400 metros de comprimento e altamente alongado. Tem uma relação de aspecto maior que a de qualquer asteróide ou cometa observado no nosso sistema solar até à data. Embora sua forma alongada seja bastante surpreendente e, ao contrário dos asteróides observados em nosso sistema solar, pode fornecer novas pistas sobre a forma como os outros sistemas solares se formaram.

Ainda esta semana, um robô chinês tornou-se a primeira máquina do mundo a passar pelo exame médico. O robô médico chinês de IA chamado “Xiaoyi” tornou-se o primeiro no mundo a ser aprovado na prova escrita do Exame Nacional de Licenciamento Médico da China, que agora trabalhará para melhorar o diagnóstico clínico. O robô obteve 456 pontos no exame, muito acima da média nacional, de acordo com sua equipa de pesquisa no Tsinghua-iFlyTek Joint Lab da Universidade de Tsinghua e a empresa líder na China iFlyTek Co., Ltd. Xiaoyi estudou quase um milhão de imagens médicas, 53 livros médicos, dois milhões de registos médicos e 400 mil literaturas médicas e relatórios médicos antes de tentar fazer o teste, disse Wu Ji, director do laboratório conjunto.

Na Newsletter desta semana apresentamos diversos projetos de maker assim como um modelo 3D que poderá ser útil. São apresentadas as revistas newelectronics de 14 Novembro 2017, a revista HackSpace magazine #1 e a revista “AIY Voice Essentials”.

Esta Newsletter encontra-se mais uma vez disponível no sistema documenta do altLab. Todas as Newsletters encontram-se indexadas no link.