Newsletter Nº175

Newsletter Nº175
Newsletter Nº175

Faz hoje anos que nascia, em 1766, John Dalton. Este químico, físico e meteorologista inglês investigou as propriedades físicas e químicas da matéria e deduziu uma teoria atómica (1803) em que os átomos do mesmo elemento são os mesmos, mas diferentes dos átomos de qualquer outro elemento. Em 1804, ele estabeleceu a sua lei de múltiplas proporções, pela qual ele relacionava as proporções dos pesos dos reagentes com as proporções de elementos nos compostos. Ele determinou que o peso atómico do hidrogénio era igual a um e desenvolveu uma tabela de pesos atómicos para outros elementos. Ele foi o primeiro a medir a mudança de temperatura do ar sob compressão e, em 1801, sugeriu que todos os gases poderiam ser liquefeitos por alta pressão e baixa temperatura. Dalton reconheceu que a aurora boreal era um fenómeno eléctrico.

Faz também anos hoje que nascia, em 1892, Edward Appleton. Este físico inglês recebeu o Prémio Nobel da Física em 1947 pela sua descoberta da camada de Appleton da ionosfera. A partir de 1919, dedicou-se a problemas científicos em física atmosférica, usando principalmente técnicas de rádio. Ele provou a existência da ionosfera e encontrou uma camada de 60 milhas acima do solo que reflectia as ondas de rádio. Em 1926, ele encontrou outra camada a 150 milhas acima do solo, mais alta que a camada de Heaviside, electricamente mais forte e capaz de reflectir ondas curtas em redor da Terra. Essa camada de Appleton é um reflector confiável de ondas de rádio e mais útil na comunicação do que outras camadas ionosféricas que reflectem ondas de rádio esporadicamente, dependendo da temperatura e da hora do dia.

Faz igualmente anos hoje que nascia, em 1901, Ernst Weber. Este Engenheiro electrotécnico austro-americano contribuiu para o desenvolvimento da tecnologia de microondas, aplicado em sistemas de radar e comunicações. Durante a Segunda Guerra Mundial, ele liderou uma equipa de pesquisadores para resolver os problemas de medir com precisão microondas de alta frequência, essenciais para a calibração dos radares. (Isto envolvia aprender a revestir tubos de vidro com uma camada muito fina de metal condutor, que Weber derivou da antiga habilidade de decorar louças com ouro e prata, seguida pelo sucesso usando uma mistura de platina e paládio.). A equipa criou outros projectos e técnicas de produção que ajudaram no desenvolvimento geral do radar durante a guerra.

Faz também anos hoje que nascia, em 1906, Luis Federico Leloir. Este Bioquímico argentino ganhou o Prémio Nobel da Química em 1970 pela “sua descoberta de nucleotídeos de açúcar e seu papel na biossíntese de carboidratos” (investigações dos processos pelos quais os carboidratos são convertidos em energia no corpo). Leloir trabalhando em circunstâncias simples, isolou a glucose do difosfato de uridina e mostrou que foi incorporado no glicogénio na presença de uma enzima do fígado. Ele também descobriu o mecanismo de síntese de amido. As descobertas de Leloir – que os nucleotídeos de açúcar são actores principais na interconversão de açúcares e formação de polissacarídeos – levaram a pesquisas adicionais no metabolismo de carboidratos e nas implicações médicas das descobertas.

Por fim, faz anos hoje que nascia, em 1908, Louis Essen. Este físico inglês inventou o relógio de cristal de quartzo e o primeiro relógio atómico prático. Estes dispositivos eram capazes de medir o tempo com mais precisão do que qualquer relógio anterior. Ele construiu um relógio atómico com feixe de césio, um dispositivo que finalmente mudou a maneira como o tempo é medido. Cada elemento químico e composto absorve e emite radiação electromagnética nas suas próprias frequências características. Essas ressonâncias são inerentemente estáveis ao longo do tempo e do espaço. A frequência natural do átomo de césio foi formalmente reconhecida como a nova unidade internacional do tempo em 1967: a segunda foi definida como exactamente 9.192.631.770 oscilações ou ciclos da frequência ressonante do átomo de césio, substituindo o antigo segundo definido em termos do movimento da Terra.

Esta semana ficámos a conhecer o trabalho que uma engenheira de software que hackeou uma máquina de tricotar malhas doméstica. Esta australiana passou anos a hackear e programar uma máquina tricotar de tricô dos anos 80 para se divertir. Este hobby cresceu muito mais, quando Spencer desenvolveu um novo algoritmo de computador que fazia algo nunca antes realizado com essas máquinas. A sua realização – tricotar com o apoio da vista aérea usando uma malha por pixel em três cores – pode não significar muito para alguém fora da comunidade de tricô. Mas essa conquista permitiu que Spencer fizesse algo verdadeiramente extraordinário. Após 100 horas e 15 quilos de lã ela criou uma peça que apresenta todas as 88 constelações vistas da Terra, bem como a linha equatorial com as constelações do Zodíaco, estrelas dimensionadas de acordo com o brilho correcto, a Via Láctea, o Sol, a Lua da Terra e todos os planetas dentro do nosso sistema solar. A esta peça ela chamou “Stargazing”.

Na Newsletter desta semana apresentamos diversos projetos de maker assim como um modelo 3D que poderá ser útil. É apresentado o livro “Network Programming with Go”.

Esta Newsletter encontra-se mais uma vez disponível no sistema documenta do altLab. Todas as Newsletters encontram-se indexadas no link.