Newsletter Nº112

Newsletter Nº112
News­let­ter Nº112

Faz hoje anos que nas­cia, em 1910, Kon­rad Zuse. Este enge­nhei­ro ale­mão foi res­pon­sá­vel pela cri­a­ção do pri­mei­ro com­pu­ta­dor pro­gra­má­vel do mun­do; O Z3, ficou ope­ra­ci­o­nal em maio de 1941. Gra­ças a essa máqui­na e aos seus ante­ces­so­res, Zuse é con­si­de­ra­do como o inven­tor do com­pu­ta­dor moder­no.
Faz tam­bém anos hoje Her­mann Min­kows­ki. Este mate­má­ti­co ale­mão, nas­ci­do em 1864 ficou conhe­ci­do por ter cri­a­do e desen­vol­vi­do a geo­me­tria dos núme­ros e usou méto­dos geo­mé­tri­cos para resol­ver pro­ble­mas na teo­ria dos núme­ros, na físi­ca mate­má­ti­ca e na teo­ria da rela­ti­vi­da­de. Min­kows­ki é tal­vez mais conhe­ci­do pelo seu tra­ba­lho na rela­ti­vi­da­de, no qual ele mos­trou em 1907 que a teo­ria da rela­ti­vi­da­de espe­ci­al do seu anti­go estu­dan­te, Albert Eins­tein (1905), pode­ria ser enten­di­da geo­me­tri­ca­men­te como uma teo­ria do espa­ço-tem­po em qua­tro dimen­sões, conhe­ci­da como a “Espa­ço-tem­po Min­kows­ki”.
Faz tam­bém anos hoje que nas­cia nos Esta­dos Uni­dos, em 1899, Richard Gur­ley Drew. Este inven­tor ficou conhe­ci­do por ter inven­ta­do a fita de pin­tor e o papel celo­fa­ne quan­do tra­ba­lha­va na 3M.
Faz igual­men­te anos hoje que nas­cia James H. Pome­re­ne. Este enge­nhei­ro elec­tro­téc­ni­co Nor­te-Ame­ri­ca­no foi res­pon­sá­vel, con­jun­ta­men­te com os enge­nhei­ros Bru­ce Gil­ch­rist e Y.K. Wong, da inven­ção de um soma­dor rápi­do, que incor­po­rou uma téc­ni­ca de ace­le­ra­ção para adi­ções assín­cro­nas, redu­zin­do o tem­po de pro­pa­ga­ção do trans­por­te. Este pro­je­to foi, na ver­da­de, pos­te­ri­or­men­te incor­po­ra­do num com­pu­ta­dor comer­ci­al, o Phil­co TRANSAC S-2000, intro­du­zi­do em 1957, o pri­mei­ro com­pu­ta­dor tran­sis­to­ri­za­do comer­ci­al.
Por fim, faz anos que nas­cia, em 1792, James Beau­mont Neil­son. Este inven­tor esco­cês desen­vol­veu um pro­ces­so de sopro a quen­te que melho­rou a efi­ci­ên­cia do pro­ces­so de fun­di­ção do fer­ro. As expe­ri­ên­ci­as por ele rea­li­za­das demons­tra­ram que a uma tem­pe­ra­tu­ra de 600 °F redu­ziu o con­su­mo para um ter­ço com­pa­ra­do com o sopro a frio e per­mi­tiu que o car­vão fos­se usa­do em vez de coque, com uma eco­no­mia de cus­to adi­ci­o­nal.

Nas noti­ci­as da sema­na, um estu­do apre­sen­ta­do demons­tra que as estre­las nas­cem aos pares. De acor­do com uma nova aná­li­se fei­ta por um físi­co teó­ri­co da Uni­ver­si­da­de de Ber­ke­ley na Cali­fór­nia, e um rádio astró­no­mo do Smith­so­ni­an Astrophy­si­cal Obser­va­tory na Uni­ver­si­da­de de Har­vard. Mui­tas estre­las têm com­pa­nhei­ros, incluin­do o nos­so vizi­nho mais pró­xi­mo, Alpha Cen­tau­ri, um sis­te­ma tri­plo.
A equi­pa que ope­ra o teles­có­pio espa­ci­al da Kepler da NASA lan­çou um catá­lo­go de mis­são de can­di­da­tos de pla­ne­ta que apre­sen­ta 219 novos can­di­da­tos de pla­ne­ta, 10 dos quais são qua­se do tama­nho da Ter­ra e orbi­tam na zona habi­tá­vel da sua estre­la, que é a dis­tân­cia de uma estre­la onde a água líqui­da pode­ria exis­tir na super­fí­cie de um pla­ne­ta rocho­so.
Final­men­te e após 26 meses de desen­vol­vi­men­to foi lan­ça­do esta sema­na o Debi­an 9.0 Stret­ch. Que será supor­ta­do nos pró­xi­mos 5 anos, gra­ças ao tra­ba­lho com­bi­na­do da equi­pe Debi­an Secu­rity e da equi­pa Debi­an Long Term Sup­port Team. O Debi­an 9 é dedi­ca­do ao fun­da­dor do pro­jec­to, Ian Mur­dock, que fale­ceu em 28 de dezem­bro de 2015.
Esta sema­na tam­bém é noti­cia a Auto­eu­ro­pa por fazer uso da tec­no­lo­gia de impres­são 3D. O caso da Auto­eu­ro­pa ilus­tra como a impres­são em 3D pode ser de gran­de valor para a indús­tria auto­mó­vel. Enquan­to — tra­di­ci­o­nal­men­te — a impres­são em 3D cos­tu­ma­va ser asso­ci­a­da à cri­a­ção de pro­tó­ti­pos, pos­sui um gran­de poten­ci­al para a fabri­ca­ção de empre­sas na cri­a­ção de fer­ra­men­tas, jigs, dis­po­si­ti­vos eléc­tri­cos e outras fer­ra­men­tas de fabri­ca­ção per­so­na­li­za­das. Com a impres­são em 3D, é pos­sí­vel cri­ar pro­jec­tos alta­men­te com­ple­xos e fazer revi­sões e cor­rec­ções rápi­das, sem pena­li­da­des de cus­tos ou lon­gos pra­zos de entre­ga. As fer­ra­men­tas podem ser adap­ta­das para cor­res­pon­der aos requi­si­tos exac­tos, tor­nan­do a fun­ção e o desem­pe­nho os prin­ci­pais dri­vers do design e não cus­to ou o tem­po.

Na News­let­ter des­ta sema­na apre­sen­ta­mos diver­sos pro­jec­tos de maker assim como alguns mode­los 3D que pode­rão ser úteis.

Esta News­let­ter encon­tra-se mais uma vez dis­po­ní­vel no sis­te­ma docu­men­ta do altLab. Todas as News­let­ters encon­tram-se inde­xa­das no link.