A Audi­ên­cia Zero vai rea­li­zar mais uma resi­dên­cia artís­tica mul­ti­dis­ci­pli­nar em O Espaço do Tempo (Montemor-o-Novo), entre os dias 14 a 22 de Janeiro.

Nesta edi­ção, tere­mos uma novi­dade :) Enquanto nas edi­ções ante­ri­o­res os par­ti­ci­pan­tes eram con­vi­da­dos a desen­vol­ver qual­quer tipo de pro­jecto, indi­vi­dual ou colec­ti­va­mente, nas áreas de elec­tró­nica, com­pu­ta­ção física, ins­ta­la­ções inte­rac­ti­vas, etc., este ano pro­po­mos tam­bém um objec­tivo comum: o desen­vol­vi­mento de inte­rac­ções tan­gí­veis, atra­vés da cons­tru­ção de objec­tos e espa­ços inte­rac­ti­vos capa­zes de demons­trar que um objecto pode cau­sar inte­rac­ções dis­tin­tas em espa­ços dis­tin­tos. A ideia é fazer com que cada objecto a desen­vol­ver inte­raja de forma dife­ren­ci­ada nos espa­ços cri­a­dos, ou que os objec­tos inte­ra­jam entre eles próprios.

Dei­xa­mos aqui alguns exem­plos de ideias a abordar.

Ima­gine um objecto a ser levado para deter­mi­nado espaço onde está uma luz robo­ti­zada. Quando o objecto é “reco­nhe­cido” no espaço, a luz robo­ti­zada passa a seguir a pes­soa que o car­rega. Se o objecto for dado a outra pes­soa, passa então ela a ser seguida pela luz.


É pos­sí­vel desen­vol­ver outras inte­rac­ções seme­lhan­tes, por exemplo:

  • Ao apon­tar os objec­tos uns para os outros, os objec­tos rea­gem com som, luzes, etc.;
  • Ao alte­rar a sua posi­ção no espaço, o objecto reage com som, luzes, etc.;
  • Ao alte­rar a sua posi­ção no espaço, o objecto faz com que o espaço reaja com pro­jec­ções de vídeo, som, luzes, etc.;
  • A mesma posi­ção no espaço pode cau­sar inte­rac­ções dife­ren­tes com cada um dos objectos.

Podem ser desen­vol­vi­das diver­sas nar­ra­ti­vas – artís­ti­cas, didác­ti­cas, de “gaming”, etc.

Para o desen­vol­vi­mento des­tes objec­tos e espa­ços, propõem-se vários tipos de tecnologias:

  • Elec­tró­nica;
  • Com­pu­ta­ção Física;
  • Ins­ta­la­ções Interactivas;
  • Robó­tica;
  • Visão por Computador;
  • Visu­a­li­za­ção de Dados.

Serão dis­po­ni­bi­li­za­dos (a título de emprés­timo) com­pu­ta­do­res, Arduí­nos, sen­so­res e mate­rial elec­tró­nico, pro­jec­to­res de vídeo, sis­te­mas de áudio, etc. para uso exlu­sivo no local da resi­dên­cia e durante o período de desen­vol­vi­mento dos projectos.

A resi­dên­cia é des­ti­nada aos actu­ais mem­bros da rede AZ Labs ou a quem se iden­ti­fi­que com o ojec­tivo pro­posto e tenha inte­resse em conhe­cer o tra­ba­lho por nós desen­vol­vido. As vagas na resi­dên­cia estão limi­ta­das a 15.

Todos os par­ti­ci­pan­tes des­fru­tam de alo­ja­mento, pequeno almoço e almoço durante o período da residência.

Resi­dên­cia AZ Janeiro 2012

Coor­de­na­ção: altLab – Lisbon’s Hackerspace

Datas: 14 a 22 janeiro de 2012

Local: O Espaço do Tempo (Montemor-o-Novo)

www.altlab.org

www.labcd.org

www.xdatelier.org

www.oespacodotempo.pt

[English]

 

Between 14 and 22 Janu­ary 2012 O Espaço do Tempo (Montemor-o-Novo) in col­la­bo­ra­tion with Audi­ên­cia Zero is orga­ni­zing another multi-disciplinary artis­tic residency.

During the pre­vi­ous edi­ti­ons the resi­dents were invi­ted to deve­lop any kind of pro­ject, col­lec­ti­vely or indi­vi­du­ally, in the areas of elec­tro­nics, phy­si­cal com­pu­ta­tion, inte­rac­tive ins­ta­la­tion, etc. In this edi­tion we will have a new con­cept. We pro­pose to deve­lop pro­jects with a com­mon goal, tan­gi­ble inte­rac­tion, through the cons­truc­tion of objects and inte­rac­tive spa­ces where the same object can inte­ract in dif­fe­rent ways. Or objects can inte­ract among themselfs.

Here are a few exam­ple ideas, open for reuse.

Ima­gine an object being car­ried to a cer­tain space where there is a robo­ti­zed light source. When the object is recog­ni­zed as ente­red the space the robo­ti­zed light will fol­low the per­son car­rying it. If the object is given to another per­son, they become the tar­get of the light.

It’s pos­si­ble to deve­lop other simi­lar inte­rac­ti­ons such as:

  • Poin­ting objects to one another, they react with sound, lights, etc
  • Chan­ging an object posi­tion in space, the object reacts with sound, lights, etc.
  • Chan­ging the object posi­tion in space, the object makes the space react with video pro­jec­ti­ons, sound, lights, etc.
  • Same posi­tion in space can  cause dif­fe­rent inte­rac­ti­ons with dif­fe­rent obejcts.

Dif­fe­rent nar­ra­ti­ves can be deve­lo­ped — artis­tic, edu­ca­ti­o­nal, gaming, etc.

For the deve­lopm­net of these objects and spa­ces, seve­ral tech­no­lo­gies are proposed.

  • Elec­tro­nics
  • Phy­si­cal Computation
  • Inte­rac­tive Installations
  • Robo­tics
  • Com­pu­ter Vision
  • Data Visu­a­li­za­tion

The resi­dency is open to cur­rent mem­bers of the AZ Labs network or anyone who iden­ti­fies with the pro­po­sed objec­tive. The resi­dency is limi­ted to 15 atten­ders only.

All par­ti­ci­pants have free lod­ging, bre­ak­fast and lunch during the resi­dency period.

Resi­dên­cia AZ Janeiro 2012

Coor­di­na­tion: altLab – Lisbon’s Hackerspace

When: 14 ~ 22 janu­ary 2012

Where: O Espaço do Tempo (Montemor-o-Novo)

www.altlab.org

www.labcd.org

www.xdatelier.org

www.oespacodotempo.pt